10 dicas para organizar a casa

Tem dificuldade em encontrar coisas simples e de uso básico em casa, ou precisa de um documento e não sabe onde guardou? Então está na hora de arrumar geral e colocar tudo no lugar. E por mais que você não se importe com organização, algumas coisas são simples, não para parecer uma pessoa louca que tem tudo etiquetado, até o etiquetador tem etiqueta, mas algumas coisas precisam de ordem para não viver em uma loucura pior e acabar virando um acumulador e parar em um documentário (exagerei!).

1 Pastas e caixas

Documentos, fotos, contas pagas e à pagar, cartões, telefones, recordações, etc. Tudo deve ter seu lugar, ainda mais os importantes que você possa precisar em algum momento e quer encontrar facilmente.

Minha dica é ter pastas de documentos de cada morador da casa, devidamente etiquetada e em cada uma ser arquivado o que for importante, de certidão de nascimento, documentos assinados, cópias autenticadas dos documentos que ficam na carteira, documentos de uso esporádico, etc.

Ter pastas para assuntos específicos, trabalho, faculdade. Por exemplo, uma pasta com contrato de trabalho, documentos de demissão, holerites, etc. Outra pasta com certificados, histórico escolar, diploma, etc.

DSC00592

Uma pasta, dessas com folders separados, é perfeita para organizar os boletos de contas pagas por categoria (luz e água, condomínio, aluguel, parcela do carro, cartão de crédito, telefone, faculdade, etc).

Os ítens de uso mais raro, mas que são guardados, como recordações, são melhore em caixa, fácil de guardar em baixo da cama ou dentro do armário.

O importante é ter um lugar certo para tudo, assim nada se acumula dentro de gaveta, solto e em um dia de limpeza pode acabar indo para o lixo.

2 Fácil acesso para uso diário

Coisas simples, mas que usamos diariamente ou semanalmente, como tesouras, bloco de notas, agulha e linha, canetas, pilhas novas, etc, são melhores em uma gaveta, geralmente a da escrivaninha, ou a primeira da cômoda.

DSC00596

Na cozinha, utensílios práticos como espátulas, colheres de pau e pegadores é bom deixar próximo ao fogão, em um vaso grande, balde ou pendurado, assim quando estiver cozinhando fica fácil de pegar o que precisa. Na minha, como vocês podem ver aí em cima, tenho esse balde que era de uma coleção de jardim com divisórias, provavelmente para latas de cerveja ou refrigerante, tenho nos do meio óleo e azeite que uso mais e os utensílios grandes e de uso diário como tesoura, espátulas e escumadeiras.

3 Potes e vidros

Produtos de uso diário merecem também recipientes específicos e que fiquem em fácil acesso. Farinha, açúcar, arroz, macarrão, café, o que for comum na sua casa preparar quase todos os dias. Potes de vidro são a melhor opção e com uma tampa que vede bem para evitar entrar umidade e insetos. Deixar na bancada da cozinha ou no armário fica legal, o importante é não ser muito no alto ou lá no fundo que você precise tirar muita coisa da frente para alcançar.

DSC00593

O mesmo acontece no banheiro, tenha um vidrinho para cotonete, um com algodão e outro com curativos e os itens que uso após o banho geralmente ficam ali organizadinhos, os outros cremes, produtos de cabelo, de pele, medicamentos, ficam tudo guardadinhos fora da vista e protegidos da luz e da umidade. (acho que preciso colocar na lista para comprar algodões)

4 Tudo com tampa

Como você guarda seus potes e panelas? Tampas separadas? Nada disso, guando está tudo organizado e na ordem correta é lindo, mas depois de um tempo fica tudo misturado e você vai levar algum tempo procurando a tampa correta para o potinho que você quer. Se não cabe no armário dessa forma, tente se desfazer de muitos potes, cá entre nós, você não precisa de tantos né? Dois de cada tamanho já são mais do que suficientes.

DSC00594

E antes de fechar esse post, o armário de potes estava fora de ordem e não pode ser fotografado, mas está tudo com tampa, só misturados os de vidro com os de plástico.

5 Tem lugar para tudo

Nada de ter coisas pessoais no armário da sala, do banheiro, na ultima gaveta da cozinha, em baixo da cama e no maleiro. Separe tudo por utilidade, necessidade e tenha cada coisa em seu lugar.

DSC00597

Como gosto de cozinhar, meus temperos tem lugar especial e potinhos individuais. Quem gosta de costurar pode ter separado para os materiais, ou quem gosta de desenhar, quem gosta de equipamentos eletrônicos, e por aí vai. O importante é ter um lugar especial pra tudo isso.

6 Cestos de roupa suja separados

Se for possível, tenha cestos separados para as roupas, toalhas, lençol, do corpo, da cozinha e pano de chão. Se não for possível, separe pelo menos os panos de chão em um balde, e separe roupa de banho e de cama das suas. Assim é mais fácil organizar a ordem de colocar na máquina e por uma questão de higiene não ter pano de chão próximo a outras peças.

7 Chegue em casa e coloque no lugar

Sabe aquela velha mania de chegar em casa e largar a bolsa no sofá, o casaco na cadeira, o sapato em baixo da mesa que sentou primeiro? Então, chega disso! Ao chegar em casa largue as chaves no local certo (um chaveiro pendurado próximo a porta de saída ou um potinho são boas opções), siga para seu quarto e tire o que quer tirar lá, bolsa, troque o calçado e já pendure seu casaco.

DSC00598

8 Faça listas

Lista de compras, listas do que precisa fazer na casa, lista de serviços a contratar. A de mercado todo mundo faz, mas o legal é ir fazendo conforme vai acabando os produtos ou você vê que vai acabar. Lista do que fazer sempre falta, você pensa na hora que vê, mas nunca mais arranja tempo ou lembra. Colocar um prego na parede, arrumar uma estante, trocar uma lâmpada de pouco uso, limpar os lustres, essas coisas mais raras sabe?

9 Libere as superfícies

Sou a favor de liberdade das superfícies, pia do banheiro só precisa ter o básico, tipo desodorante, potinho de algodão, e um ou outro creme. Tenho agonia de pias lotadas, poeira acumulando, umidade e bolor juntando odor e acabando com a saúde.

Bancada da cozinha também, junta gordura que cola a poeira e vira uma coisa nojenta. Precisa ser fácil de limpar, e estar vazia caso você precise usar para colocar o arranjo da mesa quando for servir a refeição ou usar para preparar a comida.

Pense que tudo que está por cima está juntando poeira e em algum momento você irá precisar limpar, quanto mais tiver, mais trabalhoso será. E você não precisa de tudo que está ali todo dia o tempo todo, o que usa pouco, deixe no armário ou em uma caixa.

10 Crie hábitos

Talvez o item mais importante, não adianta nada você organizar uma casa inteira se continuar com os velhos hábitos de ir deixando tudo pelo caminho, colocando os papéis em qualquer gaveta. Eduque-se a dar dois passos a mais para colocar no lugar certo, desloque-se para guardar a conta paga, não misture tudo na sua casa. Quanto mais tudo estiver no lugar sempre, mais fácil você vai encontrar quando precisar, menos desespero vai dar e sempre vai sobrar tempo.

Sou super preguiçosa, e é claro que tenho a gaveta da bagunça que quando não sei para onde vai, é nela que eu acumulo. Tem um local onde coloco papéis importantes que preciso avaliar e mexer depois, deixo as contas que precisam ser pagas e deixo as listas que vou escrevendo ao longo da semana. Mas venho adaptando esses itens e vejo uma melhora incrível na minha qualidade de vida. Visual de alguns espaços da casa são mais clean, preciso arrumar menos o armário de potes e potinhos, tenho praticidade na cozinha com utensílios e mantimentos e por aí vai. É uma questão de costume e tudo fica mais fácil.

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.