10 Hábitos ruins que você precisa abandonar

Diariamente encontramos desculpas para tudo, até para o que nos faz bem. Mesmo que seja importante, temos o hábito de colocar várias coisas na frente, empecilhos, desculpazinha esfarrapada, compromissos. E a verdade é que isso já um péssimo hábito que você precisa eliminar totalmente na sua vida. É preciso ter prioridades, saber o que é realmente importante e colocar essa questão sempre a frente! Quero destacar dois pontos super importantes: saúde e felicidade!

1 – Arranjar desculpa para não cuidar da saúde

Estou sempre tempo para marcar um médico, estou sem tempo de pensar em dieta, tenho muito compromisso esse mês para pensar nisso. Se eu for ao médico ele vai mandar eu fazer um monte de exame, e estou sem tempo para isso.

Enfim, tudo acaba vindo a frente de algo tão essencial. Pense no seu corpo como um carro, se você usa, usa, usa, sem pausa, sem cumprir com o mínimo de reparo como troca de olho, pastilha de freio, combustível de confiança e afins, bom, ele para, vai te deixar na mão e aí você perde o carro ou o reparo será bem mais caro. E o corpo é a mesma coisa! Se você não cuidar e for usando sem moderação, sem cuidado, uma hora ele para, ou vem uma virose forte, um problema de saúde, ou algo simples pode ficar grave porque você não deu atenção na hora correta.

2 – Arranjar desculpa para comer errado e beber

Já falei sobre isso várias vezes aqui no blog e eu sei que muita gente vive disse. Arranjar desculpas para beber a semana toda, comer sem pensar, sem avaliar não só as calorias, mas o nutrientes. Tudo é desculpa, tá muito cansado e quer, tpm, trabalhou muito e merece, levou bronca do chefe e tá irritada, tá triste, tá feliz, tem que comemorar, tem que afogar as mágoas. E aí vai deixando para amanhã, para segunda feira, para a próxima semana, pra 1° de janeiro. Um dia.

É sua saúde que estamos falando, e você não pode deixar seu humor e o tipo de comida ditar como você vai se sentir. Você não é um cachorro para viver de compensação por ter feito algo bom

giphy (15)

3 – Pular refeições

O maior erro das pessoas! Almocei muito hoje, nem preciso jantar. Tomei café da manhã reforçado, posso pular o almoço. Comi um lanche a tarde, melhor nem jantar.

E então, na hora normal daquela refeição a fome nem aparece, mas algumas horas depois ela vem com tudo e então a vontade é de comer um buffet inteiro! Então minha gente, os médicos e nutricionistas não estão errados quando aconselham a comer de 3 em 3 horas ou de fazer as refeições corretamente. Porque afinal de contas, quando a fome vier com tudo você nem vai pensar o que precisa comer, vai pegar o que for mais prático, mais rápido, que for saciar primeiro. Então os embalados irão ser destaque, e os embutidos, é claro.

Então não espere ter fome para pensar em se alimentar!

4 – Conviver e encontrar com pessoas tóxicas

Pessoas tóxicas em nossa vida são tão ruins quanto alimentos tóxicos. Pessoas que nos consomem, sugam energia, querem ditar regras, tiram sua ordem, o equilíbrio estragam nosso humor, nossa vontade de fazer qualquer coisa. Então se tem pessoas assim em sua vida se afaste, se não tem muita opção de fugir ou porque é no trabalho, em casa, na faculdade/escola, crie o hábito de fugir, conviver e falar somente o necessário e quando muito necessário.

Se é uma pessoa que você tem o poder de eliminar, terminar uma relação, vá em frente! Você não precisa de um namoro assim, de uma amizade assim.

5 – Não seguir seus sonhos

Cansei de ver gente reclamando da vida e não indo atrás do que amava. Ouvi muita gente reclamar do trabalho, mas não usando a hora extra para buscar seus sonhos. Sei que o trabalho é necessário para pagar as contas, mas o planejamento serve para você organizar as contas e seu tempo para fazer o que realmente ama. Seja estudar a noite, produzir algo para vender, produzir conteúdo para a internet. Tem muita gente que alcança o sucesso fazendo o que ama começando a trabalhar dobrado, aquele formal para pagar as contas e no restante do tempo o investimento vai todo para o projeto de vida. Nada acontece da noite pro dia!

6 – Não beber água 

Sei que muita gente não gosta, não vê graça e usa isso para não beber nem um copo. Mas existem opções para beber água, dá para tomar chá (sem ser industrializado cheio de açúcar né), dá para espremer um limão, dá para colocar folhas de hortelã, fazer água saborizada (tem um guia aqui para ajudar), rodelas de laranja, pedaços de morango, enfim, a fruta que você gostar. Pode ser gelada, na temperatura ambiente, pode ser como chá quentinho. Então não tem desculpa para estar sempre hidratado!

7 – Não cuidar da beleza

Sim, cuidar da beleza é importante! Sentir-se bem quando se olha no espelho é tão saudável quanto beber água, eu acho. E é ainda mais importante para quem tem a auto estima baixa. Tire sempre um tempo para se cuidar, guarde parte do dinheiro para investir em você, corte de cabelo, hidratação, tintura, sobrancelhas, manicure, massagem, produtos.

Passar protetor solar, hidratar as partes mais sensíveis do corpo, passar aquela maquiagem que ama e não vive sem, acordar mais cedo para deixar o cabelo do jeito que gosta, escolher a roupa do dia seguinte antes de dormir porque gosta de dormir mais 5 minutinhos pela manhã, mas sair com uma roupa legal que mostre quem você é, o que você quer ser, representar, que mensagem quer passar.

giphy (16)

8 – Não se divertir

Encher a vida de compromissos e não se divertir é um grande erro, um desperdício de vida! É preciso se divertir sempre, depois do expediente, no final de semana, nas férias. Mesmo em tempos de estudo intenso é necessário parar para relaxar, tirar a mente dos livros e da matéria, mesmo em época de conclusão de projeto tem que sair para pedalar livremente, para dançar, parar para ouvir uma música.

9 – Acumular tudo

Armário cheio de roupa que não usa, de produtos vencidos, caixas lotadas de papéis sem sentido, juntando pó e carregando a casa de energia ruim. Falei sobre consumo consciente esses dias, usar os produtos que tem em casa, cremes, maquiagem, perfume, nada de ficar guardando para um dia quem sabe. Já falei várias vezes sobre fazer limpeza, ter dias de esvaziar o armário e desapegar de tudo que não usa mais. Não compre uma peça de roupa nova sem necessidade, sem tirar uma parada no armário.

A casa, a vida, fica muito mais leve quando desapegamos do que não está em uso, do que não precisa mais. Então se você tem o costume de ir guardando tudo (de lembrancinhas de festas inúteis, cartões de Natal de anos atrás, calçados que usou uma única vez, etc) mude isso! Comece com as pequenas gavetas, aquelas que vamos jogando o que não queremos lidar, não queira fazer um cômodo inteiro em um único dia, porque no final você vai cansar e jogar tudo pra dentro do armário novamente. Mas faça limpas sim, doe o que tiver em bom estado, separe o que for lixo.

giphy

10 – Reclamar

De tudo, o tempo todo. Mesmo quando você acredita estar só comentando algo ruim, você está reclamando, carregando de energia você e quem está ouvindo. Tá ruim? Respire e siga em frente. Não precisa sair comentando tudo que dá errado na sua vida porque olha, vou te contar, muita coisa dá errado mesmo, nem tudo sai da forma que queremos, quase nada é fácil e simples. Voos atrasam, nem todo mundo que você precisa conviver é super legal, chefes são chatos, professores também tem dias ruins, a internet cai e oscila, chove, carros andam e passam por poça d’água, a comida as vezes tá fria e tantos outros problemas corriqueiros que na hora você faz uma tempestade desnecessária e amanhã nem vai lembrar mais.

Então eduque-se a parar de reclamar de tudo, resmungar, ficar espalhando energia negativa. Reclamar ou como muito acreditam, passar informação, não resolve nada o problema no momento e possivelmente só vai deixar os outros preocupados, cansados, irritados. Então lide com os pequenos problemas, guarde sua energia para o que realmente importa.

E pronto! Terminei com chave de ouro nesse grande problema que cansa todo mundo o tempo todo. Sempre reparo nisso e acho que tudo começa aqui, as pessoas reclamam do trabalho ruim, da saúde que está falhando, do trânsito, da comida, do cabelo, da pele, do outro, de tudo. E no final das contas não fazem nada para mudar, só querem mesmo reclamar e continuar reclamando. Então, vamos mudar os hábitos ruins?

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.