15 Dicas para organizar sua viagem

Está programando uma viagem? Pode ser aquelas rápidas, de um final de semana, um feriado prolongado ou férias mais longas. Uma das partes mais gostosas de viajar é se preparar, organizar, planejar, conhecer o lugar antes mesmo de ir. É quando vamos sonhando com os lugares, os sabores, as pessoas, a música, a cultura. Já vamos imaginando onde vamos comer, o que vamos comer, lugares mais diferentes, lugares para sentar e apreciar, lugar para andar até não aguentar. E para ajudar o seu planejamento de viagem, separei hoje algumas dicas legais e importantes:

1 – Pegue um caderninho para programar tudo. O que fazer em cada dia e uma lista de lugares que deseja ir. Carregue na bolsa e tenha ele sempre perto, assim quando ver algo poderá anotar e até quando tiver com algum amigo que já foi para este destino, poderá anotar algumas dicas importantes.

2 – Considere algum tempo livre na chegada. É tempo para fazer check in no local que vai ficar, deixar as malas, alongar o corpo, ir ao banheiro e deixar tudo certo para sua hospedagem. E nesse tempo reconhecer a área, saber dos horários do hotel (café da manhã, academia, sauna, serviço de quarto e tudo mais), conhecer a vizinhança, ver o que tem perto, se tem mercado, farmácia, café, bar, lanchonete.

3 – Consulte vários posts (em blogs e até mesmo no Trip Advisor) dos melhores pontos turísticos na cidade e liste tudo que parece interessante para vocês.

4 – Feito isso, pegue um mapa e veja onde fica cada ponto – assim, na hora de programar os lugares para conhecer, fica mais fácil fazer os que estão perto um do outro no mesmo período. E se algum programa que você quis fazer está fechado quando você chegar ou lotado, dá para ir até outro antes.

5 – Na área financeira, organize valor de gasto por dia. Então pegue o total de dinheiro que você terá e divida pela quantidade de dias que você vai ficar. Mas já dê uma olhada nos gastos de dia a dia – os blogs de viagem geralmente passam uma noção se a cidade é barata ou cara. Pense em tudo, se não tem café da manhã do hotel, é mais uma refeição para levar em conta. Se você planeja uma refeição especial em um restaurante melhor. E pense também no dinheiro que vai gastar com souvenires e presentes, mesmo que seja só levar algumas garrafas de bebida local.

6 – Faça uma lista completa de tudo que precisa levar. Comece essa lista muito tempo antes, assim pode ir lembrando de alguns itens aos poucos. Aí na hora de fazer as malas é só pegar cada item da lista. Mas liste tudo, até coisas que você nem pensa em esquecer como carregador, câmera, pijama, livro, escova de dente e meia. Liste tudo, separe por áreas: roupa, calçados, medicamento, cosméticos, eletrônicos, outros.

7 – Olhe a previsão do tempo e veja como é a cidade na época que está indo – se é muito frio, se é época de chuva, se é muito quente durante o dia e frio a noite. E planeje mais ou menos as roupas de acordo com a necessidade. Monte looks na mente e se precisar fotografe eles. Pense também nos casacos pesados, galochas e guarda chuva se forem necessários. E lembre de pensar em peças versáteis que você poderá repetir durante a viagem.

8 – Em momentos de folga com o celular, dê uma olhada na hashtag com o nome da cidade e veja as fotos de pessoas que estão por lá. Assim você pode encontrar lugares diferentes que poderá passar, ver fotos de locais e de turistas, conhecer cafés e restaurantes que possam ser interessantes e não apareceram em nenhum guia ou post. E já vai animando ainda mais para sua viagem!

9 – Se está indo com alguém ou com um grupo, divida os passeios. Sempre tem gente que é mais ligada a museus e arte e outros que preferem passar o tempo andando e vendo arquitetura. Ou que querem ver feiras e praças. Então programe passeios separados sem problema. É tempo de passear e relaxar, não precisa fazer nada que não gosta.

10 – Tente fugir dos locais tradicionais de alimentação turística. Eles raramente são super gostosos e sempre possuem um preço altíssimo! Então tente olhar nos blogs locais onde tem comida típica de qualidade, onde os moradores mesmo vão.

11 – Se você comprou um pacote de viagens e nele está incluso um city tour, aproveite para agendar ele logo no primeiro dia. Assim você já vê do ônibus ou van vários lugares e tira da lista os que não interessarem mais visitar com calma e os que você quer realmente voltar.

12 – Se não tem pacote de city tour, veja lugares na cidade que oferecem esse serviço, mas veja com antecedência, peça orçamentos. Nada de chegar na cidade e pegar algum que oferecem agressivamente em alguns locais movimentados. Mas se tiver passeios assim na cidade, vale a pena investir, geralmente tem acompanhamento com guia e você fica conhecendo muito mais da história local.

13 – Fuce bastante online e encontrei blogueiros que possam te indicar melhor lugares para ficar, restaurantes, bares, cafés, hotel, hostel, parques e os pontos mais importantes. E dependendo da data, eles podem indicar festivais, feiras e eventos que vão estar rolando na cidade e podem valer a pena.

14 – Tenha uma pequena pasta ou envelope para deixar os itens mais importantes como passaporte, outros documentos, dinheiro, reservas e passagens. E esse envelope super bem guardado e sempre com você até a chegada no hotel.

15 – Quando chegar o dia, nada de chegar e parar para descansar e ajustar o corpo ao horário novo, o cansaço da viagem. Como falei no item um, não marque nada de passeio e visitação ainda, mas aproveite para conhecer a vizinhança. Ajeite tudo no hotel, se necessário tome até um banho para relaxar o corpo, então vista-se e saia já! Ande a pé pela vizinhança, pare para tomar um café em algum lugar por perto. Veja os pontos de táxi disponíveis, pontos de ônibus e entradas para o metro. Conheça os restaurantes disponíveis caso não queira ir muito longe algum dia e passe só para uma refeição antes de voltar para o hotel.

E com tudo bem planejado e programado, quando a hora chegar, vai ser só relaxar a curtir tudo ao máximo!

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.