5 Coisas que me deixam P#*@ da vida

Estou gostando dessa história de 5 coisas, 5 é um número bom. Da outra vez falei de 5 coisas que amo nos dias frios, agora quero falar de coisas que me tiram do sério, me irritam profundamente. Eu sei, eu já fiz teste do Buzzfeed e marquei vários itens da lista de coisas que irritam, tipo quem chupa os dentes depois que come, bagunça, falar ao telefone, e tantas outras coisas do dia a dia. Mas essa lista são de coisas maiores.

1 Mentira

Sim, a primeira de todas. Não suporto, me irrita, me dá nojo, raiva e qualquer outra palavra de aversão que quiser atribuir. E pessoas que eu conheço há anos eu sei dizer exatamente quando estão mentindo. Pessoas que conheço menos e eu descubro depois, passo a confiar menos em cada palavra. A verdade é que qualquer mentirinha ou bem cabeluda, eu deixo de confiar em qualquer palavra que a pessoa dê a partir dali. Não acredito em histórias, contos, desculpas, promessas, nada.

Nunca vi necessidade alguma para mentiras. Não importa se é para uma criança, se é para alguém não se machucar com a verdade. Não tem desculpa para mentir, não tem necessidade. Quando descobrimos a mentira junto com a verdade, os sentimentos negativos são ainda piores, a frustração, o sentimento de “trouxa”, a raiva, vira um grande bolo.

E pior ainda são as pessoas que de tanto mentem, contam suas histórias acreditando já nelas. E você ali, olhando, ouvindo tanta baboseira.

2 Pessoas que não evoluem

Essas são as mais difíceis de conviver e muito fáceis de encontrar. Basta rolar alguns minutos o Facebook ou começar qualquer conversa. São os que fazem piada agressivas, que dizem que o mundo está ficando chato, são os insatisfeitos com tudo (política, restaurantes, igreja, TV, condomínio, notícias, relacionamento alheio, personalidades, jogadores, etc); são aqueles que se acham melhores por não gostar de um tipo de música, por não assistirem algum tipo de programa, e que reclamam sem ouvir ou assistir. São aqueles que ainda mexem com mulheres na rua achando um elogio, que riem dos vídeos e imagens compartilhados no whatsapp sobre mulheres; são aqueles que compartilham notícias falsas sem verificar a veracidade, compartilham pela manchete e nem leram o conteúdo, que só querem a polêmica, mas não querem discutir aquilo; que não separam o lixo, jogam pela janela do carro, no meio da rua, jogam a bituca do cigarro sem nem apagar; ou seja, os que ficam com aqueles velhos padrões, piadas, posicionamento e defendem com unhas e dentes porque afinal de contas, sempre fui assim, por que mudar?!

Essas pessoas são cada vez mais difíceis de conviver, porque elas não querem mudar, não querem ouvir e você sabe que não vale a pena discutir, tentar debater, dialogar e fica vendo e ouvindo coisas absurdas.

3 Cigarro e fumantes

Ah sim, me irritam muito desde criança. Cada um faz o que quer da vida sabe? Mas a grande maioria das pessoas que fumam não pensam em absolutamente nada além do seu cigarro. Andando na rua a assoprando fumaça no cara dos outros (cansei de estar andando em jogarem fumaça na minha cara de pessoas paradas, que estavam vendo outros pessoas andando). Tem bituca de cigarro por todos os cantos como se não existisse lixo, jogando pela janela, sem olhar se vai acertar alguém. É sempre uma grande falta de respeito e que as pessoas nem reparam ou se importam em reparar.

E pra falar a verdade, achei maravilhoso quando proibiram de fumar em lugares fechados, porque meus olhos ardiam depois de algumas horas em um bar ou balada, sem falar que já fui queimada por desatentos gesticulando com o cigarro aceso. Mas não posso ditar nada na casa dos outro né? Então sigo me incomodando, me sentindo mal com o cheiro a fumaça e a falta de noção.

De verdade, não faz sentido nenhum pessoas ainda fumarem. Nosso ar já tão poluído, então as pessoas decidem jogar mais uma porção de fumaça tóxica pra dentro do corpo porque acham bonito, acalmam, sentem prazer. Sei lá. Não entendo mesmo. E quando vejo adultos fumando com neném no colo ou segurando na mão de uma criança eu sinto uma raiva surreal.

4 Reclamação sem fim

Pessoas que só reclamam cansam. Parece que sugam toda a energia a sua volta, incluindo de quem está ouvindo as reclamações. Reclamar é normal, é do ser humano sabe? Mas a constância, a insistência e a falta de vontade de resolver fazem toda essa energia negativa ser jogada no mundo a toa. Gente que reclama no restaurante, assistindo TV, ouvindo rádio, assistindo o jornal, mexendo em algum equipamento que não está funcionando como desejado, reclama da comida, do frio, das pessoas que ama, de si, do trabalho, da falta de tempo, do tédio…enfim o que tiver na cabeça no momento.

Não sabem falar coisas boas, não sabem buscar coisas positivas, só externalizar tudo que há de negativo no momento da vida, no instante, na semana. Ver o copo meio cheio é muito mais saudável, mais prazeroso e atrai pessoas a sua volta. Quando só se reclama, resmunga, bom, pessoas tendem a sumir da sua volta, e eu serei dessas pessoas que somem. Porque acredito que coisas ruins acontecem, mas o que fazemos com ela só depende de nós. Podemos lamentar e ficar parado no lugar ou podemos avaliar a situação, aprender, crescer, mudar, renovar, lutar, ou seja, seguir em frente, sempre!

5 Desinteresse

Sabe quando você está contando algo e consegue ver na pessoa que ela está te olhando mas tá bem longe dali? Pois é. Geralmente estão pensando nos seus problemas ou já pensando no próximo assunto que leve a conversa até ela. Depois em um dado momento acontece algo que você tinha comentado e vem questionar o que é, por que e por aí vai. Então você respira fundo e fala: “mas eu te falei sobre isso”! Legal né? Não!

Eu me irrito muito ter que repetir as coisas, mais ainda quando foi total desinteresse e falta de atenção.

E ainda tem os desinteressados com o amanhã, com o próximo, com qualidade de vida, com o planeta. Só vou jogar esse lixo aqui no chão, não me importo que alguém vai ter que limpar, não me importo que não vai ser reciclado. Ah, mas eu também tenho problema, não posso ficar parado ouvindo problema alheio, ajudando, apoiando. E daí que o médico falou que minha saúde vai mal, eu gosto de comer tal coisa, eu gosto de beber, não gosto de fazer exercício… Meu banho leva meia hora e não vou mudar. Compro muita comida e jogo metade fora. Não separo o lixo. Lavo a calçada e o carro toda semana. O planeta vai bem, só eu fazendo isso não vai fazer diferença.

Uma grande virada de olho. Não tenho paciência, não sei pegar na mãozinha e ensinar pra quem não se interessa e teima com suas manis e não quer e nem vai mudar!

Pronto, chega dessa lista porque me irritou só de reviver várias situações descritas aqui. E pra você, o que te tira do sério?

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.