5 Dicas para quem quer ter Mãos Verdes

O mundo está separado por dois grupos (não vou contar o grupo que não liga para plantas okey?): os que querem plantas em todos os cantos da casa e do escritório e os que só sabem falar que tem mão podre. Então eu levo em consideração que esse segundo grupo quer ter plantas. Então eu trouxe algumas dicas essenciais pra quem fala por aí que tem mão podre e não consegue nem cuidar de cactus.

São dicas simples, nada de manual de plantas, fertilização, poda, floração, hortas, nada disso. É aquele famoso jardim indoor, jardim secreto, plantinhas para dar vida ao ambiente. Para as plantas que encontramos até mesmo no mercado.

1 – Leia sobre cada planta

Comprou uma, ganhou ou está na loja e quer comprar? Procura no google sobre ela, leia o minimo sobre seus hábitos para poder cuidar dela. Ela gosta de sol direto? Indireto? Você tem um local apropriado para esse hábito dela? Eu já deixei de comprar plantas porque exigiam uma quantidade de sol que eu não posso proporcionar, minha casa é basicamente de sol indireto, o direto é por pouco tempo.

A quantidade de água, como funciona? Algumas plantas, como cactus e suculentas gostam sim de água, mas é preciso deixar a terra secar completamente, outras preferem a terra sempre úmida e tem aquelas que precisa de bastante água a cada 2 dias.

É sensível em ambiente com ar condicionado? Então melhor não ser a escolhida para seu escritório. É uma planta tropical? Então melhor não ter na sua casa se for muito fria.

Então conheça um pouquinho da verdinha que você está levando pra casa.

2 – Muita observação

Pense na sua rotina e veja que momento do dia você fica 1 minuto de bobeira. Pra mim, é enquanto a água do café ferve. É o momento do meu dia que dou uma passada de olho nas plantinhas, vejo se tem alguma murcha implorando por água, se tem bichos ou teias aparecendo, se tem folhas com aparência esquisita, se alguma está crescendo, se saiu flor nova. Não me toma nem um minuto esse rolê. E assim faço um acompanhamento diário do meu jardinzinho.

Pra você pode ser no intervalo da novela, do jogo, enquanto a comida está cozinhando. É só uma olhada sabe?

3 – Vai molhar? Sinta a terra antes!

Se você leu sobre sua planta, sabe como ela gosta da terra. Só que o tempo mais úmido ou mais seco interferem também. Então antes de colocar qualquer gota d’água, coloque seu dedo na terra ou se preferir, um palito de sorvete ou churrasco. Para a maioria das plantas, se o palito sair limpo (tipo bolo assado sabe?), é porque a terra está seca. Não acredite só na parte de cima da terra, pode ser que lá em baixo esteja encharcada. Ainda mais quando tem pedras, cascas ou outra coisa por cima da terra impedindo a água de evaporar e de bichos chegarem por alí.

4 – Anote no calendário

Sabe aquele calendário que fica na vista, na cozinha ou na sua mesa? Anote o dia que molhou as plantas. Principalmente se divide a casa e mais gente faz essa tarefa também. Levando sempre em consideração que você observou um pouquinho as plantas todos os dias e sentiu a terra, aguando só qual precisou mesmo.

Assim fica mais fácil de visualizar até para os mais esquecidos que faz “x” tempo que suas plantinhas receberam uma bebidinha.

5 – Não desista

Eu matei muita plantinha até começar a ficar com as mãos verdes. Matei cactus com muita água, matei suculenta sem luz e sem água, matei folhagem e ervas sem olhar todo dia. Mas em pouco tempo já estava com uma mudinha nova para tentar outra vez.

É um aprendizado lento se você não tem naturalmente as mãos verdes. Mas não adianta matar uma planta e já definir que isso não é para você!

 

via GIPHY

E depois de algum tempo, que você já conseguiu manter alguns vasinhos verdes e felizes, vai se animar para saber mais. Vai encarar lojas de plantas com outro olhar, sem ir nas mais simples e cuidados básicos. Vai andar nos setores de fertilização, comprar terra, areia, pá, rastelo e ter um kit pro momentos dos cuidados especiais. Mas isso deixa pra pensar só depois que você e as plantas se adaptaram um ao outro.

Gif de capa por Jeannie Phan

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.