8 Passos para se Organizar hoje

Ser desorganizado não é nenhum charme ou graça e isso pode te atrapalhar muito no dia a dia. Pode tirar seu foco, atenção e até o tempo para encontrar algo. Não precisa ser a pessoa que coloca etiqueta em tudo e segue o manual da  Marie Kondo ao pé da letra. Mas algumas pequenas mudanças na rotina podem facilitar muito sua vida. Por isso, criei essa lista de pequenos hábitos para começar hoje!

1 – Faça uma limpa geral, desapego total

Guardar tudo, caixas, sacolas, papeizinhos, fios, celular velho, roupa que não usa e o que mais conseguir guardar não serve para nada além de ocupar espaço na sua casa e carregar energias desnecessárias. Então, a primeira coisa para se fazer é pegar um grande (ou mais de um) saco de lixo e fazer uma limpa geral. Elimine tudo que tá guardado sabe-se lá por que, desde sei lá quando, sem uso, sem utilidade e não, você não vai quem sabe um dia, precisar disso no futuro. Seja racional e deixe o emocional trancado no banheiro, só libere poucos e raros ítens de apego emocional.

Aproveite para separar o lixo corretamente, reciclável, eletrônico e roupas para doação.

Mas esvazie tudo sem dó! Envelopes do banco (você só precisa guardar o conteúdo), lembrancinha de festa, convite de casamento de colegas, folhetos, panfletos, cartazes, embalagens, caixas e caixinhas, sacolas de loja, itens quebrados ou incompletos e etc.

giphy-22

Quando pegar algum item e ficar em dúvida se joga ou não, faça essas perguntas:

  1. Por que estou guardando isso?
  2. É útil? É essencial? Não vivo sem?
  3. Eu tenho ciência da existência disso no armário? O tempo todo? Lembrava disso?
  4. Se for bonito, por que não está pendurado na parede ou enfeitando alguma estante?
  5. Alguém poderá dar melhor uso?
  6. Quantas camadas de poeira estão acumuladas?

E o que não for de jogar fora (documentos, fotos, papéis importantes) separe em um canto para o próximo passo.

2 – Compre pastas e etiquetas para organização de papéis

Compre várias pastas, vários modelos e invista em etiquetas para identificação. Crie pastas por tema. Por exemplo, aqui em casa tem uma pasta de cada um, com documentos importantes (certidões, diplomas, contratos e afins), tem uma pasta só de documentos da casa, só do carro e tem também dos falecidos. Dessa forma, em cada necessidade de algum documento, é só pegar na pasta certa – e o mais importante, depois de usar, devolver para seu lugar e manter organizado. E tem também a pasta de contas pagas, dessas de formato arquivo com aba para contas de água/luz/gás, condomínio, escola/faculdade, plano de saúde. Cada aba identificando quais contas estão por ali. E uma última pasta para manuais de qualquer eletrônico da casa, assim como seus certificados de garantia.

E mais uma vez, é importante usar algo e devolver ao seu local. Mas de um modo geral, cada vez que precisar de algum documento ou uma série deles, será fácil de encontrar e separar para o que for.

Para as fotografias, compre álbum sempre e tenha caixas para colocar as que ficam soltas e os negativos de filme (poucos têm, mas é legal guardar os antigos de infância).

3 – Faça lista de afazeres e pendências

Pode ser em uma agenda, bloco de notas ou aplicativo no email ou celular. Mas organize suas tarefas, sinalize as prioridades, determine prazos, coloque data para outras.

giphy-24

Praticamente todo mundo, quando está relaxando ou fazendo alguma outra atividade faz aquela lista mental de coisas para fazer, buscar, comprar, marcar e na hora certa não lembra de metade do que queria fazer. E aí, acaba se perdendo nas tarefas e afazeres, perde o horário comercial de algumas coisas e vai acumulando sempre mais coisa.

4 – Compre um caderninho ou bloquinho

A não ser que você seja de anotar tudo no celular. Mas tenha uma ferramenta para anotar ideias, pensamentos, tarefas, compromissos e observações. E é claro, uma caneta sempre junto!

Isso vai te ajudar em encontros corriqueiros, pequenas reuniões, no transporte de um local a outro que você só precisa rabiscar algo rápido ou anotar uma informação importante, um telefone.

Mas lembre de passar a limpo a informação uma vez ao dia. Colocar o que for na agenda, marcar algum telefone que precisa na lista de contatos, escrever sobre alguma ideia ou retomar um desenho que começou de um rabisco.

5 – Elabore um horário e rotina de organização

Planeje-se sempre, mesmo com coisas óbvias, tipo arrumar a cama, guardar a roupa, tomar banho, academia, preparar jantar. Por exemplo, uma rotina matinal antes de sair para a aula/trabalho e quando chegar em casa mais ou menos:

7:00 Acordar, ir banheiro

7:15 Tomar café da manhã e lavar a louça do café

7:30 Tirar o lixo

7:32 Arrumar a cama

7:35 Trocar de roupa e arrumar bolsa/mala

7:40 Pegar marmita e lanches

7:45 Sair

19:00 Chegar em casa colocar bolsa no lugar e potinhos na cozinha

19:05 Alimentar o gato, cachorro, peixe, papagaio

19:10 Colocar roupas para lavar

19:20 Ir para a academia

20:15 Voltar e pendurar a roupa lavada

20:30 Preparar jantar

21:00 Jantar e limpar cozinha

21:30 Arrumar a casa, colocar coisas no lugar, guardar roupa

22:00 Assistir TV

23:00 Dormir

Parece até bobo, mas esse exercício é ótimo para perceber quanto tempo levamos para fazer cada tarefa. Algumas que julgamos chatas e demoradas podem ser mais rápidas, outras nem percebemos, mas nos tomam muito mais tempo. E depois de algum tempo, quando conhecemos o tempo para cada tarefa e já estamos habituados a realizar as tarefas em seus horários, fica mais fácil entender a dinâmica do dia, sem nem precisar olhar para o cronograma.

giphy-23

Ambientes mair organizados ajudam a focar melhor em outras coisas. Caso contrário, será um eterno “cheio de coisas para fazer e não sei por onde começar”.

6 – Liste tarefas da casa

Toda casa precisa de cuidados, algumas idas ao supermercado. E se você tem dificuldade em manter a sua em ordem crie uma rotina, liste tudo que precisa ser feito e a frequência. E mesmo que você tenha diarista de tempos em tempos, algumas tarefas são necessárias diariamente ou semanalmente. 

E depois coloque em sua agenda, encaixe nos seus horários e não fure a agenda deixando para depois.

Tenha noção de que se você colocou que domingo a noite é seu momento de ir ao mercado, separe o momento para isso. Se segunda feira pela manhã é hora de tirar o lixo, tire, nada de enrolar no resto. Se sábado de manhã é a hora mais tranquila e quer fazer uma limpeza, mesmo que seja a cada 15 dias, programe-se para isso, acorde no horário e faça o que deve ser feito.

7 – Programe seu dia e semana com antecedência

Não deixe a vida te levar. Programe todos os seus compromissos, coloque no dias certos, horários, tempo de duração. Pode parecer super chato no começo, mas aos poucos você vai se adaptando e se entendendo melhor na situação toda.

Então separe sempre um momento da semana para anotar na agenda o que precisa fazer, caso já não esteja tudo lá (porque você provavelmente vai anotando conforme os compromissos vão sendo agendados). Pode ser uma agenda que carrega na bolsa ou deixa na mesa, ou pode ser uma online. Eu acho mais fácil realizar essa tarefa no domingo a noite, com a mente descansada depois do final de semana. Então sento na cama ou na escrivaninha e escrevo tudo. Pode ser também nas primeiras horas de segunda feira enquanto toma o café ou antes de ligar o computador.

8 – Programe suas refeições com antecedência

Sabe aquelas fotos de potinhos organizados de marmitas? Crie esse hábito! Ou se você tem o costume de levar para o almoço algo que comeu na janta ou montar um sanduíche fresco, tenha o hábito do horário de preparação.

Se o seu caso é de preparar tudo antes, crie esse compromisso em um momento certo (geralmente depois de ir ao mercado) e inclua a montagem de lanches e comidinhas para beliscar durante o dia. Isso vai gerar uma economia incrível e ajudar quem está de dieta – então nada de ir na padaria no meio da tarde ou de apelar para qualquer coisa que tiver perto.

Sei que para um desorganizado de carteirinha tudo isso pode parecer loucura e desnecessário. Mas aos poucos, passo a passo, você vai adquirindo novos hábitos, vai melhorando sua rotina e vai percebendo a diferença na sua vida e no seu tempo. As horas livres serão bem ais proveitosas e sem culpa por saber que tem coisas para fazer. Vai render muito mais nas atividades obrigatórias vai conseguir chegar no horário nos compromissos.

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.