9 Coisas que aprendemos criança que não fazem sentido

As vezes eu paro para pensar em tantas bobeiras que aprendemos quando criança que são esquisitas, bizarras ou muitas vezes totalmente absurdas. Então hoje listei algumas e quero ajuda para completar essa lista também. Vamos lá:

1- Andar de meias

Vai encardir as meias, não é você que fica no tanque esfregando e por aí vai. Fui racionalizar isso aí, e bom, ao colocar as meias para lavar, a máquina já faz esse serviço, sem precisar de nenhum esforço na beira do tanque para tirar o tal do encardido. Aí depois pensei, se gastamos uma meia que custou perto dos R$10,00, e isso é uma meia cara se comparado a pacotes com 3 ou mais pares. E nisso ela durar 1 ano ou mais, tá bem gasto o dinheiro né? Gastamos a mesma quantia em uma bebida, uma coxinha em um único dia.

Não tem coisa mais gostosa que andar descalço, de meia então nem se fala!

2- Engolir o choro

Eu sei, as vezes a criança faz um escândalo por coisas banais no meio do mercado ou porque recebeu um não. Mas dentro de casa, em algum outro momento, o choro é uma forma de expressão, é como extravasamos algum sentimento que tá ali dentro. Aí temos todo esse sentimento para externalizar e os pais mandam engolir porque na verdade eles não querem lidar com aquilo. Aí nós aprendemos a não lidar também, vamos engolir. Aí ao longo da vida vamos acumulando muito choro engolido e o estrago vem um dia.

Então precisamos aprender a olhar o choro com atenção desde criança. Podemos aprender a não deixar ele tomar conta, mas saber quando ele vem, buscar o motivo e a solução.

3- Nada de banho depois da refeição

Ah sim, não entrar na piscina ou no mar eu entendo, conjestão e tal. Mas banho? São nem 5 minutos, não fazemos tanto esforço pra dar um treco no corpo todo. O banho é rápido a agua só vai passar pelo corpo, os músculos não estarão tão ocupados nos mantendo vivos. Tudo bem tomar banho depois de comer né!

 

via GIPHY

4- Não pode ficar vesgo depois de comer

E não pode ficar vesgo no vento também. Diziam que o olho ia ficar vesgo nessas situações. Nunca entendi isso, mas eu obedecia né, fazer o que.

5- Ter segredinho com avós ou tios

Essa é uma das absurdas sem dúvida. Aí a criança vai na casa da vó e a vó dá um doce que os pais deixaram bem claro que não permitem, mas é o “nosso segredinho”. Quão errado é isso gente? Não seja essa pessoa que ensina a criança a mentir para os pais. O tanto de coisa errada que pode desencadear a partir disso!

 

via GIPHY

6- Dinheiro é algo ruim, feio

São varias formas que essa mensagem é transmitida. Dinheiro é algo sujo, não é bonito dizer que ganhou um dinheiro de forma honesta, pagar conta é algo negativo, gastar dinheiro e guardar são coisas ruins também. Então aprendemos desde cedo a ter uma relação muito conflituosa com relação ao dinheiro. Queremos ter, mas é feio, temos que pagar contas, mas é feio também. Não somos educados a ter uma relação saudável nem mesmo com o dinheiro, algo tão essencial.

7- Fica quieto se não o fulano vem te pegar

No lugar do fulano coloque a palavra mais temida, a polícia, o bicho papão, o monstro, o caderudo, a bruxa, o guarda… Lembro da minha prima criança ter medo até mesmo do carro de policial passando na rua, chorava muito só de falarem que a polícia estava passando sem ela ter feito algo. Parece que colocar medo é a unica maneira de educar, e não é.

8- Se engolir semente vai nascer a árvore na barriga

Eu tinha muito medo de engolir a semana da melancia, da laranja… Imagina começa a brotar uma laranjeira! Demoraram alguns anos até eu relaxar com essa história.

9 – Coisa de menina

Rosa, coisas de cozinha, limpeza, fazer comida, boneca, cuidar de neném, dança, laço, maquiagem, saia. É um mundo todo separando coisas de menino e menina que não fazem o menor sentido. Os meninos também devem aprender a varrer a casa, fazer comidinhas, cuidar de neném, usar a roupa que bem quiser, e até maquiagem. Não existe isso de menino e menina. Aí o homem compra um dia uma camisa rosa e todo mundo que vê dá risada e aponta “hahaha tá usando rosa!”. Aí o homem vai morar sozinho ou se casa e entende o território da cozinha e limpeza como algo exclusivo da mulher, porque é um mundo desconhecido dele.

E tem mais é claro, que nem lembro direito, mas são coisas malucas tipo suco de manga com leite, mulher sentar no piso frio (no chão) faz mal, abrir a janela descalços. Conta aí, o que te ensinaram quando criança que não faz o menor sentido?

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.

Leave a Reply