A beleza da vida está nas longas conversas

Sabe aquelas conversas que rendem? Não precisa de música de fundo, de TV gerando som e assunto, de celular na mão. A beleza está no papo reto, na conversa sincera, sem amarras, sem segredos, com choros ou risadas. Aquele papo longo que no final nem lembramos como ele realmente começou, só vemos que as horas passaram, perdemos compromissos e tudo bem.

Porque bem a verdade, são nessas conversas longas que nos sentimos confortáveis, ouvimos e somos ouvidos. Falamos coisas que deixamos guardadinhas pra nunca serem ditas, remoídas, doloridas ou bobeiras cheias de vergonha. E se nos sentimos confortáveis em uma conversa longa, sem fugas, sem necessidade de sair correndo ou fazer piadinhas, bom, temos diante de nós alguém está realmente ao nosso lado. Relações profundas e verdadeiras, que ouvem o que nos machuca, que ouvem o que pode machucar nelas. Que ouvem para ser presente, ser ouvido, não ouvem para guardar uma informação importante sobre você, para gerar fofoca em outra roda.

 

via GIPHY

Com quantas pessoas do seu círculo você tem essa liberdade, essa confiança?

Esses momentos são lindos, tem muita beleza em ficar de frente com alguém que você confia tanto, não se sentir sozinho em muitos medos, dores, tristezas, bobeiras, vergonhas. Porque não tem nada mais difícil e triste que estar sozinho nessa vida, não compartilhar com ninguém os problemas existentes, ter uma mão para segurar,  saber que muitas vezes o outro não pode fazer nada para te ajudar, mas vai fazer de tudo para estar ao seu lado dando força e apoio.

Conversas profundas, precisamos mais e mais delas. Sair da superficialidade do “que chuva né”, “está vendo a novela?”, “viu tal série?”. E ir mais fundo, saber de gostos e desgostos, música, que lugares frequenta, que lugares podem ir juntos, como está no trabalho, o que faz para melhorar, como se sente, do que tem medo, se tem feito terapia, quem ajuda mais, como é o dia a dia, a rotina, relações, sonhos. Saber mais do outro, deixar os outros nos conhecerem.

E então, poder ver a beleza de uma longa conversa, dessas gostosas, de terminar em sorriso e abraço porque o momento foi lindo e prazeroso para ambos. Sair de uma conversa mais leve, confiante de que alguém te viu por inteiro e foi visto por inteiro também, e que nenhum dos dois vai usar essa informação para passar adiante ou para carregar de energia ruim de alguma forma. Confiança e parceria <3

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.