Amamos mais no inverno, e dispensamos no verão

Esses dias entrei em uma conversa sobre épocas de fim de namoro. Já viveu isso em seu grupo social? Parece uma fase ruim para namoros, ou muito boa para ser solteiro. E aí alguém colocou a opção de que não, no inverno as pessoas namoram, amam, ficam juntinhos e chegando o verão tudo se desfaz.

E agora, pensando bem, talvez esses namoros opostos possam ser os mais duradouros, os amores de verão chegam no inverno, mas os de inverno não chegam no verão. Já existe algum estudo a respeito? Deu pra entender?

693880_83437648

Pense bem, o frio, a vontade de ficar a vontade em casa, sem precisar se produzir, subir em um salto, enfrentar fila no frio para encarar aquela balada cheia, curtir filmes na tv ou no cinema, pedir pizza, fazer fondue, beber um vinho e ficar de chamego no sofá é muito convidativo para a carência de inverno. Com a chegada de dias mais frios queremos amor e cafuné.

No verão os churrascos na beira da piscina, as viagens de final de semana para a praia, a alegria de sentir o calor no ar parece que acaba com a carência, e a felicidade de estar sozinha e de precisar estar sozinho do tipo: não preciso de ninguém para me fazer feliz, começa. E o carnaval que se aproxima? Ah, os planos da galera, os abadás, as farras, as festas, os blocos de rua, os shows gratuitos na praça, cheio de gente bonita, elegante e nada sincera.

Porque afinal de contas, amar no inverno vale mais a pena né? Fugir de academia para ficar juntinhos entre cobertores, passar reto da fila da balada e ir no barzinho que tem um somzinho mais romântico, uma luz baixa e um aquecedor para deixar o ambiente mais gostoso.

Você é dessas que ama no verão? Procura um par para aquecer seus pés frios só no inverno? Pare de procurar, tente trocar seu amor para o verão, pode valer muito mais a pena e durar, quem sabe, uma vida inteira.

Comments

comments

Avatar

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.