Ame seu corpo, cuide dele!

Não é sua casa, seu trabalho, seus eletrônicos, suas joias, muito menos seu carro. Seu corpo é seu maior bem e é preciso que amar, adorar e cuidar muito bem dessa preciosidade. Nos leva onde queremos e precisamos ir, nos avisa quando estamos cansados, trabalhando em excesso, assim como lembra de aromas do passado, mostra quando estamos felizes de maneiras incríveis e independente de deficiências, de problemas e dificuldades, está trabalhando sem parar por nossa vida. Em troca disso, devemos cuidar muito bem!

E não é só sobre ser saudável, comer frutas e verduras, beber água e fazer exercício. Cuidar do corpo vai muito além disso, é aprender a reconhecer seus limites, deixar as lágrimas rolarem de vez em quando, rir até a barriga doer, tirar férias, comer sobremesa, beber um vinho, dançar até o dia raiar, meditar, dormir cedo, se afastar de pessoas ruins, ter um hobbie para as horas vagas, ter um trabalho que ama e tantas outras pequenas e grandes coisas da vida.

Cuidar de nosso corpo é saber avaliar o que nos faz realmente bem, entender o motivo que estamos fazendo aquilo e pensar em si é a maior razão de tudo. Se começar uma reeducação alimentar ou uma nova atividade física pense antes “por que estou realmente fazendo isso?”. Você quer se encaixar em um perfil da sociedade, ser aceita pelas pessoas, para agradar alguém ou é simplesmente porque decidiu ser mais saudável e cuidar do corpo? Cortou relações com alguém da sua vida porque alguém “mandou” ou porque sabe que essa pessoa só te puxa para baixo? Quer mudar de emprego por dinheiro ou porque está em um que não te valoriza e só te consome? Vai terminar o relacionamento em uma tentativa de joguinho ou por que sabe que merece algo melhor?

Então cuidar de nosso corpo e saúde não é só trocar o refrigerante pelo suco, ir ao médico uma vez ao ano, tomar suco verde pela manhã, comer uma saladinha na segunda feira de consciência pesada pós final de semana, fugir de uma briga desnecessária, deitar cedo ou encontrar um trabalho que ame. É encontrar equilíbrio na vida, ver amor como resposta de muitas perguntas, perceber que dar soco em parede só vai machucar você e perder um tempo enorme e desnecessário, que aproveitar tanto o rodízio por 30 minutos não compensa 1 dia de mal estar e corpo pesado, que ser “careta” e beber água na balada de vez em quando não corta a diversão, que trabalhar a madrugada inteira não te faz uma pessoa melhor que ninguém, que discutir política e futebol não muda a opinião de ninguém, que é preciso de feriado e férias para parar tudo e descansar a cabeça e o corpo, que até exercício físico em excesso faz mal!

Ame sim o seu corpo, olhe-se no espelho todos os dias, elogie as partes que ama, sorria para sua imagem, toque-se, estique-se, alongue-se, respire fundo várias vezes ao dia. Encontre um propósito, alimente-se bem, faça exercícios que te dão prazer (ou que você no mínimo não odeie). Não espere nada de ninguém e faça tudo pelo seu bem estar! E muito importante, esteja rodeado de pessoas que te fazem e te querem bem.

Ilustração de capa de Andrea de Santis

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.