Brigas, respeito e relacionamentos

E quando acabou o respeito?

ImageShack

É muito comum encontrar casais de todas as idades discutindo brutamente não somente a relação, mas atitudes, coisas bobas, a família, as amizades; tudo é motivo para começar uma batalha de gritarias, palavrões e ofensas. Discussões geralmente são positivas, mas quando acontecem de tempo em tempo – não diariamente – quando há respeito mútuo, e quando um aceita a opinião do outro.

É claro que ouvir a DR alheia pode ser engraçado as vezes, mas na realidade não é nem um pouco correto. E não se trata somente de se expor, é uma questão de respeito com as pessoas que estão em volta. Quando se está em público ou em uma roda de amigos/família troque um olhar significativo que queira dizer “Não gostei e nós vamos conversar”, ou então discretamente sem fazer cena, fale baixo na orelha. Você pode não perceber, mas quem está presenciando fica realmente muito desconfortável.

Não torne a sua vida privada em pública, não há necessidade disso.

E agressões físicas então? São inaceitáveis. Nada acaba mais com um relacionamento que um tapa, não insista. Em público então? Esqueça, as pessoas não vão nem querer sair com o casal mais.

Se você se vê nesse caminho de ignorância, pare para pensar se é isso mesmo que você quer, se é isso mesmo que faz vocês dois felizes. Talvez seja hora de dar um novo rumo no relacionamento, ou então cada um seguir o seu caminho.

As pessoas têm ficado tão impacientes e tão adeptas ao relacionamento online que quando passa a dividir a vida com outra pessoa se vê no caos. Mas temos que aprender a respeitar mais, aceitar, dialogar e sempre prestar atenção no outro, em seus sentimentos, necessidades, dificuldades e crescer juntos, só assim uma relação verdadeira irá durar e resistir o tempo, as batalhas e dificuldades.

BeijoTchau

Comments

comments