Casal tem que brigar?

É muito comum ouvir as pessoas dizendo por aí que todo casal tem que brigar, que sempre tem que rolar DR, sempre tem que rolar briga, casal que não briga é frio, sem graça e sei lá mais o que. Nunca entendi muito bem de onde surgiu essa regra, mas sempre acreditei que existe a possibilidade de não existir brigas.

É claro que existem desentendimentos, ninguém vive de concordar com tudo que o outro fala ou faz. Se irmãos, que tiveram a mesma criação se desentendem, imagine pessoas que cresceram em casas diferentes, famílias, costumes e tudo mais? É claro que vão existir conflitos, coisas não ditas na hora certa e ditas depois, expectativas, decepções. Tudo isso é muito normal, é a vida.

E as DRs são necessárias de tempo em tempo, principalmente para alinhar essas expectativas, apontar alguma falha ou decepção. Mas não é preciso a cada vez vomitar palavras, culpar, apontar, diminuir, humilhar. Na verdade, em nenhum momento da vida sabe?

Teve algum momento esquisito, ruim, desconfortável, que não gostou? Espere a cabeça esfriar, se esquentou, o álcool passar, se estava envolvido. E com calma, a dois, fale sobre o seu desconforto, sobre como se sentiu, o que não gostou. Converse com sinceridade. Nada de tirar satisfação na frente de várias pessoas, ficar dentro do carro na rua discutindo, tirar satisfação com o parceiro alcoolizado ou você mesmo.

Não é normal o casal viver de gritos e acusações, bater porta e ficar dias sem se falar. Dormir em camas separadas porque brigaram antes de dormir.

E se você está aí, em uma relação que tudo parece errado, tudo que o outro faz é insuficiente, te irrita e você quer mudar tudo, talvez você não esteja na relação correta. Porque afinal de contas, quando você entra em uma relação é porque existe compatibilidade e as diferenças são aceitas com naturalidade.

Então, se você aí acha que é normal brigas, pare para pensar um pouquinho. Namoro, casamento, relacionamentos em geral, são pessoas que gostamos de estar junto, passar tempo, dividir a vida e momentos. Sem obrigações, sem exigências. A relação não vai melhorar porque toda semana vocês falam umas bobagens, apontam algumas ofensas gratuitas e depois fingem que não ouviram nada e tudo passou logo ali na cama no famoso make up sex. A cena da Angelina Jolie com o Brad Pitt ficou super legal lá no filme, mas na vida real, no dia a dia, aquilo não é normal, aceitável, saudável.

Vamos parar de idealizar as relações com brigas, términos e voltas. Vamos acreditar no amor mais leve, nas conversas sinceras, nas discussões construtivas, em dormir juntinho e ficar junto enquanto fizer sentido, fizer sentir.

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.