Compra-se um Metabolismo mais rápido – Busca médica

Depois de desanimar e nenhuma roupa quase mais servir (isso incluindo as íntimas e as camisetas), decidi finalmente deixar meu receio de lado e buscar ajuda médica. E ainda até que enrolei um pouco e fiquei olhando o Guia Médico tentando encontrar uma luz que apontasse, venha, esse será o ideal para você. Por sinal, é uma situação horrível buscar um médico né? Você abre uma lista, até dá uma olhada por região para ficar mais fácil de casa ou do trabalho aí separa alguns, tenta procurar a respeito na internet, não encontra nada a não ser um monte de rede social médica que não funciona e precisa praticamente fazer um uni duni tê para ligar pra um. Alguém mais tem essa dificuldade?

Enfim, hoje fui a primeira consulta de uma endocrinologista. Ainda não sei nada a respeito, porque foi aquela consulta do desconforto, sem muita conversa, sem muita explicação. ´- Alguém vai em uma? É assim mesmo? – Aí ela fez algumas perguntas sobre mim, sobre meus pais, meus irmãos, me pesou, mediu minha altura, olhou minhas mãos (pra quê?), ouviu meu coração e por fim apalpou meu pescoço, que eu imagino ser para ver se tenho hipo (ou hiper?) tireoidismo. Só. Deu um monte de exame para fazer e acabou a consulta. Agora preciso ficar 12 horas em jejum para fazer exame um dia cedinho. Com os resultados em mãos eu retorno lá para começar o tratamento. Então a dúvida é, como será esse tratamento? Odeio remédios, será que terei um monte deles? Não quero não!

Mas essa semana fiquei parada mesmo e faltei as caminhadas, esfriou, tive compromissos no final do dia, choveu e eu, como eu disse, tava desanimada. Sem falar no sábado que foi uma sequência de afundamento gastronômico: feijoada, chá de panela com salgadinhos e bolo. Jaca total! Mas tudo bem.

Comments

comments

Avatar

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.