Compra-se um metabolismo melhor – Calças Jeans

Meu segundo pacote de consultas com a nutricionista entra na reta final, ainda tenho mais 4 consultas e agora entramos em uma fase de readaptação do organismo. Mas até aqui tive altos e baixos, perdi o foco e a vontade de tudo, preguiça de fazer dieta, cansaço e vontade zero de fazer qualquer exercício físico.

Não que eu tenha me perdido e só comido besteira e injetado açúcar e farinha na veia, mas quando tive oportunidade de desviar o trajeto não pensei duas vezes. E acho que depois de tantos meses super focada e dedicada, tudo bem se perder um pouco. Já falei que o aprendizado é o mais importante, mesmo que eu escolha comer um lanche, é saber escolher um lanche não tão longe da curva, é saber aliviar a barra nos dias que seguem e não se culpar tanto. A vida é assim, escolhas e uma boa balança.

Depois de cerca de 5 meses, já se foram quase 15Kg eliminados, 5 só de papada e braços. A barriga ainda está aqui, aquela mais difícil de eliminar. Mas tudo bem!

E vou contar para vocês a alegria desse mês. Em janeiro, antes de viajar, tive que comprar duas calças jeans porque tinha uma horrível e com um tamanho errado. Foram duas calças tamanho 46 e que depois de muita comilança na viagem estavam bem mais certinhas. Em maio, no meu aniversário, encontrei duas no fundo do armário de sei lá quando, poucas vezes usadas e que serviram! Uma 44 e outra 42. Foi uma alegria incrível começar a usar aquelas peças no armário que não serviam mais ou que ficavam apertadas.

giphy-15

E bom, essas calças começaram a ficar largas, a 44 entra e sai como calça de moletom e não precisa desabotoar, caindo e e empapuçada só dava pra usar em casa mesmo. A 42 tá larga também, não tão empapuçada ainda, mas se eu puxar, sai sem descer o ziper.

A vida inteira odiei comprar calça jeans, é sempre um sofrimento, primeiro porque sou básica, nada de bordados, rasgados, ziper na barra. Sem falar da modelagem. Mas o ponto mais importante é o corpo, tem quadril e coxas, então sempre entrei no provador com várias peças para muitas vezes sair sem nenhuma. E acima do peso então, dependendo dos hormônios, dava vontade de chorar diante do espelho tão próximo do provador.

Aí fui adiando o dia de ver calças novas. Até que em um dia qualquer peguei 6 peças de calças e shorts jeans tamanho 40, segui para o provador e quase chorei. Mas de alegria! Peça por peça, tudo foi servindo, entrando sem dificuldade, passando por coxas e quadril, fechando perfeitamente. Eu estava flutuando. Mudar valeu a pena! É claro que não levei as 6, fiquei com duas que eram melhores e mais básicas. As outras invoquei com o bolso que era um muito alto e acho esquisito na bunda ou com o corte ou com sei lá o que.

giphy-17

Então do 46, cheguei hoje ao 40! Com sobra, respirando, sem precisar se contorcer para o botão fechar, sem nada apertando dos lados. Isso é melhor que qualquer número na balança. E agora tenho calças novas, do tamanho certo e várias peças largas no armário!

Comments

comments

Avatar

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.