Cuidando do Meio Ambiente

Hoje é Dia Mundial do Meio Ambiente e eu me pego pensando o tempo todo a respeito disso, o que mais eu posso fazer para cuidar melhor da nossa casa. Porque a verdade é essa, todos nós somos responsáveis, dentro de casa, nas ruas, nos parques, nas estradas, na praia, nas montanhas, na escola, no trabalho, todo lugar! Então para contribuir com essa data, fiz essa super lista com um pouco do que podemos fazer.

1 – Separação e descarte de lixo

Em casa, no carro, no trabalho, no condomínio, no shopping. Todo lugar que você vai, separe o lixo que for descartar. Tenha o hábito de conferir tudo que está jogando fora. Tenha em casa lixeiras para o descarte correto, se mora em casa, veja os dias certos de colocar cada tipo de lixo na rua para coleta. Se mora em condomínio, veja como é feita essa separação.

E se está na rua, na festa, no bar, nada de largar o lixo por aí, jogar no chão porque não encontrou lixeira próxima. Segura aí e espere encontrar uma. Na estrada, nem pensar em jogar pela janela! Espere chegar em alguma parada ou no destino para descartar corretamente.

No banheiro, não jogue tudo na mesma lixeira. Embalagem de cremes, shampoos e sabonete são recicláveis, ao contrário de lencinhos e papel higiênico usados. Então separe eles e descarte na lixeira correta!

E durante as férias a separação e descarte não tiram férias junto. Então quando tiver na praia, no campo, acampando ou curtindo a natureza, deixe ela como deve ser. Leve sacolas extras para separar seu lixo e voltar com ele para descartar no local correto.

2 – Lixos tóxicos

Todo lixo é um problema, mas alguns lixos muita gente fica sem saber o que fazer e acaba descartando incorretamente. Então esteja preparada, em casa separe um recipiente para descarte de pilhas e baterias. Vai demorar até completar, mas quando tiver cheia o suficiente, leve até um local que colete esse tipo de material – muitas agências bancárias recebem esse lixo e algumas lojas de materiais de construção.

Tenha uma caixa também para descarte de lixo eletrônico e cabos, nada de misturar com o reciclável. E então quando tiver cheio, procure em sua cidade a forma correta de descartar, se a prefeitura coleta.

E tenha ainda uma outra caixa para lâmpadas, que não se misturam com nenhum outro lixo e precisam de outra forma de coleta.

O site eCycle é bem legal e vai te ajudar a procurar o lugar correto na sua região para o descarte correto.

Os medicamentos vencidos não podem ir direto para o lixo. Caixas, bulas e cartelas vazias vão direto para o lixo reciclável, mas as cápsulas e vidros com líquido precisam ter uma destinação apropriada. Muitas farmácias recebem esses ítens, alem de seringas, gases e afins.

E os fumantes, por favor, vocês já poluem o ar que respiramos, não façam isso com a nossa terra, nossas ruas, calçadas e tubulações. Descarte da forma correta a sua bituca. Se não tem um local apropriado no caminho, coloque na embalagem plástica da sua carteira de cigarro até chegar em um local que separa corretamente. E nada de jogar no lixo comum!

3 – Óleo usado

Um ovo que frita aqui, o óleo da lata de sardinha ou atum, dia de bolinho de chuva e por aí vai. Tem muito óleo que sobra e não iremos mais reutilizar e pra onde ele vai? Não, nada de jogar no ralo, não ele não vai diluir e ficar tudo bem. Tenha sempre uma garrafa pet ou esses vidros de palmito para o descarte. Vá colocando lá conforme precisa, de golinho em golinho os vidros vão enchendo. E então procure alguém que recicle e faça tudo aquilo virar sabão.

Pode perguntar por aí que vai encontrar! Aqui no meu prédio a zeladora leva para casa que sua mãe faz isso. Ou então levamos para uma casa próxima ao escritório do marido que tem um espaço na cerca de uma casa para depósito de garrafas e vidro com óleo usado.

4 – Redução do lixo

Tão importante quanto a separação é a redução. Então não saia pegando e usando guardanapos e toalhas de papel como se fosse normal. Use somente o necessário! Coloque as compras do mercado em caixas e tenha sempre uma sacola de pano por perto para usar em compras pequenas.

Se um tempo atrás me dissessem que eu ia parar de comer carne, ter um blog de alimentação consciente, fundar um projeto social, parar de usar detergente e shampoo, e aderir práticas de redução de lixo, eu juro que ia rir! 😂 Essa Gabi que vocês acompanham aqui é uma construção de muitos anos, muitas leituras, muitas pesquisas e incentivos! ❤ Hoje, minha felicidade foi ir na feirinha orgânica e lembrar do meu lencinho, pra que eu não precisasse usar papel ☺️ O que a gente deseja pro mundo precisa estar refletido no que a gente é, e nas nossas atitudes! Comece aos pouquinhos, cada pequena atitude já faz um diferença enooorme a longo prazo 😉❤🙏🏼 Meu lencinho não sai mais da bolsa, já pensou quanto papel vai deixar de ir pro lixo no fim das contas? 🙌🏼 Você tem alguma prática sustentavel no seu dia-a-dia? Pode ser desde compostagem, até o simples fato de nao usar canudinhos… conta pra mim? ☺️ #flordesalblog #dicaflordesal #zerowaste #lixozero #betterworld #menosumlixo

A post shared by Flor de Sal | Por Gabi Mahamud (@flordesalblog) on

Na imagem acima, a foto da Gabi do blog Flor de Sal que mostrou seu lencinho que fica na bolsa! <3

Aprenda novas formas de reduzir além das que aprendemos na escola. Tenha um lenço de pano na bolsa para usar no lugar de guardanapos. Quando for comprar itens a granel (cereais, chás, ervas, grãos, temperos, etc) leve recipientes de casa, potes de plástico, de vidro, assim não precisa usar o saco plástico da loja. Veja formas de usar o lixo orgânico para cuidar melhor das suas plantas, criar adubo com cascas de ovo, de banana e borra de café. Veja lojas que reaproveitam as sacolas de compras. Veja pessoas que coletam itens específicos para reciclagem. Informe-se o tempo todo!

5 – Redução da água

É sempre preciso lembrar do banho né? Não precisa ficar lá horas e horas. Se precisa relaxar, dá para tomar um banho gostoso e relaxante em poucos minutos, nada de pegar um banco, sentar e pensar na vida enquanto a água escorre nas suas costas. Se precisa disso, vá até uma cachoeira!

Louça, casa, máquina de lavar roupas, limpeza, todos essas tarefas rotineiras e necessárias podem ter cada vez menos uso da água. Então entenda melhor como usar sua máquina de lavar, não deixe a torneira aberta de bobeira e prefira usar um balde cheio para limpar a casa, nada de mangueira aberta!

E fique atenta sempre para vazamentos!

6 – Seja exemplo e cobre exemplo

Não fique esperando o outro fazer para fazer igual. Seja exemplo em tudo isso, cobre dos colegas na escola, na faculdade, no trabalho. Cobre da sua empresa, veja o que eles têm feito pelo meio ambiente. Se não existe nada no seu condomínio ou comunidade, seja o disseminador de boas maneiras e cuidados. Incentive sempre cada um a sua volta a cuidar melhor!

7 – Lixo que não é lixo

Não é só o lixo reciclável que precisa receber cuidados. Móveis, eletrodomésticos em bom estado, livros, CDs, calçados, roupas, toalhas, perfumes sem uso, cosméticos, acessórios. Tudo isso você pode e deve destinar de forma correta. Veja instituições que recebem e algumas que até retiram em sua casa. Dê uma nova chance a tudo que não tem mais serventia para você, mas pode ter para outra pessoa.

8 – Consumo de alimentos consciente

Não faça compras sem lista e sem a intuição de consumir. Não vá ao mercado ou feira e compre vários itens que não serão consumidos ou preparados da forma correta. Lembre de tudo que tem no armário ou na geladeira e consuma tudo até o fim. Não faça um prato por dia quando ainda tem alimento bom, pronto e em perfeito estado guardadinho na geladeira.

Aprenda a reaproveitar tudo que tem na geladeira, legumes refogados podem ir para uma torta ou omelete. Carnes assadas e cozidas podem virar um arroz mexido ou ir para a mesma torta que os legumes.

Compre a quantidade correta dos itens para consumir em tempo. Nada de ir comprar pão e depois jogar boa parte no lixo dias depois. Compre pouca fruta e só compre mais quando terminar as que tinha em casa. Se você mora sozinha e não consegue consumir o pacote inteiro de pão de forma antes de embolorar, aprenda a congelar as fatias e descongelar na hora de consumir.

Frutas e verduras congeladas não perdem os nutrientes quando congeladas. Então se comprou uma bandeja de morango e comeu alguns e sobraram vários, lave e congele, depois eles podem ir direto para o liquidificador para virar um suco ou sobremesa. Já mostrei aqui como deixar as porções de suco verde prontas e congeladas. Dá para deixar os legumes picadinhos e prontos para a panela para ser refogado ou virar sopa.

Se fez um evento e sobrou bastante comida, divida com as pessoas. Pode ser dando um pedaço para o vizinho, para o porteiro ou o morador de rua da sua região.

Informe-se e não desperdice!

9 – Meios de transporte

Sei que é bem mais fácil ir para os locais que precisa de carro, conforto, segurança, tudo isso acaba contando. Então já que você vai tirar ele da garagem, veja a possibilidade de dar carona para as pessoas pelo trajeto. Divida a conta do combustível ou evite que mais um carro saia da garagem. Reveze com os amigos as saídas de carro. Sempre que puder faça tarefas corriqueiras a pé, de bicicleta ou transporte público.

Use seu carro ou moto com consciência!

10 – Compre de produtores pequenos e locais

Dê preferência para comprar frutas e verduras em feiras da sua região. Além de movimentar a economia de pequenos produtores ou famílias, você sabe que o processo para o produto chegar até a sua mesa não foi industrializado e longo!

E não é só alimentos, mas itens de vestuário, de decoração, restaurantes e afins. Veja produtores responsáveis com o meio ambiente, opte por entrega de produtos feita com bicicleta e acompanhe tudo de perto.

Nós fazemos parte desse todo. Não adianta descartar tudo em um lixo só e deixar para alguém lidar com isso. Deixar a bandeja na mesa do shopping porque gera empregos. Largar móveis e até lâmpadas na calçada para alguém lidar com aquele problema. É o nosso problema! Toda atitude nossa faz a diferença, seja fazendo o correto ou orientando as pessoas a nossa volta.

Então vamos cuidar do Meio o Ambiente o tempo todo, fazendo tudo que está em nosso alcance, nos informando e informando os desinformados!

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.