Dicas da Vovó Juju – Bronzeamento

Oi pessoal!

E depois de muito tempo e com o primeiro post do ano, as Dicas da Vovó Juju voltaram! E que assunto melhor falar se não sobre a pele e o bronzeamento não é? Então vamos lá.

ImageShack

Os médicos são contra o bronzeamento da pele, as mulheres são a favor. Os laboratórios se preocupam em desenvolver produtos mais eficazes para filtrarem os raios solares e para curarem os efeitos dos excessos do sol.

“Bronzear-se não é se queimar ao sol; é escurecer a pele sem passar pelo desagradável avermelhamento”.

ImageShack

As pessoas de pele menos claras têm mais facilidade para adquirir um tom bonito que vai do “moreno dourado ou moreno jambo até a cor de charuto”. Já quem tem pele mais clara além de ter que tomar cuidados ainda maiores, devem também ter mais paciência para adquirir outro tom de pele.

Se você não quiser ficar com a pele avermelhada fique exposta ao sol até no máximo as 10:30, que irá aproveitar melhor os raios ultravioletas. Após este horário, com o sol em posição perpendicular a você, os raios penetram mais, mas deixam a pele vermelha e não marrom ou dourada.

ImageShack

Em tempo de tomar sol nas piscinas ou praias, comece devagar com meia hora de sol somente em baixo do guarda sol, e então no dia seguinte aumente um pouco esse tempo já deixando as pernas no sol e saindo somente para entrar na água. Se for caminhar não se esqueça do chapéu, nem aumente muito o tempo a exposição ao sol.

Adquira um creme ou óleo a seu gosto de acordo com sua pele. Se você já não é mais muito jovem, tome cuidado com o creme nos olhos, além de proteger a pele, ajuda também a proteger os pés de galinha que realçarão mais depois.

E se cuidem!

ImageShack

Todo o cuidado pode ser pouco, a cor na hora pode ficar bonita, mas com o passar dos anos a pele vai responder aos maus tratos.

BeijoTchau

 

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.