Dicas da Vovó Juju – Ginástica e Respiração

Oi para todos!

O primeiro verdadeiro post dessa nossa sessão será sobre algo super simples, mas que muitos de nós não lembramos de trabalhar ou até de pensar a respeito no dia a dia corrido. (A foto abaixo é do livro mesmo, as fotos são fofas assim, essas são escuras, mas logo vocês verão mulheres lindas, é praticamente um livro pin-up)

Image Hosted by ImageShack.us
Por marimedeiros

Desde que terminei de ler “Comer Rezar Amar” eu venho pensando a respeito de respiração e meditação. (Eu amei o livro e não vejo a hora de ver nas telonas) Então achei que seria legal iniciar falando sobre algo que acontece sem a gente dar a devida atenção. Aqui vai uma pequena introdução do livro:

“O ato da respiração é sem dúvida a mais importante função de nosso corpo. Quando através do nariz inspiramos o oxigênio indispensável à manutenção da vida, efetua-se a oxidação do sangue e de todos os tecidos orgânicos. Através da expiração dá-se a expulsão do gás carbônico como consequência da oxidação.

Apesar da respiração ser um fenômeno frequente e indispensável ao corpo humano, a maior parte das pessoas respiram de maneira incorreta. Ao respirar, as pessoas em geral o fazem dilatando os músculos abdominais. A respiração correta deve aproveitar tôda capacidade pulmonar”.

É sempre bom respirar próximo a uma janela aberta, contrair o abdomen e dilatar o diafragma (já ouvi isso, mas não sei realmente fazer isso, ou se já faço sem saber) e uma dica legal é respirar profundamente após uma reunião em ambiente fechado ou após um trabalho cansativo, vale lembrar que após momentos estressantes esse é um dos remédios mais rápidos e práticos para tentar se acalmar. E antes de dormir começar a relaxar o corpo com uma boa suspirada, ou uma respiração profunda!

Vamos então à dois exercícios de Ginástica Respiratória! As palavras no parenteses são como estão escritas no livro para vocês terem uma idéia dessa antiguidade)

Exercício 1

Posição inicial: De pé com a boca (bôca) fechada, as pernas juntas e o corpo ereto (erecto). Os braços devem cair ao longo do corpo.

Exercícios: Levante os braços formando uma cruz e ficando simultaneamente (simultâneamente) na ponta dos pés. Vá inspirando profundamente. Erga os braços na vertical, como está no desenho. (Segue a imagem abaixo) Ao voltar à posição inicial vá expirando lentamente. Faça este (êste) exercício como descanso no intervalo entre os exercícios.

Image Hosted by ImageShack.us
Por marimedeiros

Exercício 2

Posição inicial: A mesma do exercício anterior.

Exercício: Levante os braços em direção à sua frente levando as palmas das mãos voltadas para baixo. Em seguida jogue os braços para trás e erga-se nas pontas dos pés. Ao fazer este exercício inspire profundamente e a expiração deve ser efetuada voltando à posição do movimento inicial. Repita 5 vezes (vêzes).

Image Hosted by ImageShack.us
By marimedeiros

E aí gostaram? Para quem pratica Yoga ou meditação isso é mais que uma rotina, mas para a maioria das pessoas pode ser uma boa dica para aliviar a tensão de casa, do trabalho, do namorado/marido, e até de nós mesmos.

Bejotchau

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.