DIY de Natal – Vidro ou jarra Mini Mundo

Faltando 31 dias para o Natal, vou começar com ideias simples e lindas de DIY para vocês fazerem em casa com itens baratos de lojas de produtos de R$1,99 (que nunca mais teve só nesse preço) e com coisas que você pode ter em casa dando sopa mesmo. Vem ver o meu novo amorzinho na decoração!

Essa era uma ideia que fiquei de olho no ano passado, mas não me esforcei para fazer e acabou ficando nas inspirações vistas no Pinterest (como tantas outras) fiz esse post com algumas inspirações. Mas quando decidi fazer vários DIY natalinos nesse ano, esse teve que entrar na lista a todo custo. Não sabia bem o que ia colocar dentro do vidro, nem dá pra saber, a não ser que você tenha algo em casa que queira colocar dentro. Se for como eu e for atrás nas lojas, pode dar trabalho (encontrei algo que interessasse somente na terceira loja). Cheguei até a ver umas princesas da Disney falsificadas e cogitei pegar uma, mas era muito feia e meio grande, na largura ia acabar ocupando o vidro todo.

Dica importante – A maioria dos vidros tem etiqueta de papel que é um saco remover – eu passo saponáceo em cima e deixo agir um pouco, depois esfrego com a esponja e fica fácil – em alguns pedaços talvez você precise puxar a parte de cima da etiqueta, aí fica aquele papel de fundo com a cola, aí fica bem mais fácil o saponáceo agir e a esponja tirar! (um parágrafo com repetições)

Mas chega de contar história, vamos aos materiais e quanto custou cada um:

diynatalboneco1

  • Um vidro – depende do tamanho dos objetos que irá colocar dentro, se for mini, pode ser aquele de geleia mesmo, ou de palmito, e se quiser fazer algo grandioso, pode ser aqueles mega de pepino em conserva.
  • Enchimento de almofada – é uma fibra e você vai encontrar em loja de armarinhos em pacotes pequenos como esse ou em pacotões grandes. – Acho que paguei uns 5 reais no pacote no centro de Curitiba.
  • Fio de nylon super fino – não sei onde comprei o meu, vem em um rolo igual de linha de costura, mas é nylon, é mais fino que aquele de pesca. – se não lembro onde comprei, não lembro também quanto foi.
  • Os enfeites – O pacote com mini presentinhos (é super mini mesmo) custou R$7,99 e o boneco de neve foi R$12,99 – os dois nas Lojas Americanas (montaria mais umas três arvores de Natal em casa com tanto enfeite lindo – naquela grande do Centro de Curitiba).
  • Matinhos de plástico – achei na Casa China um pacotinho com 4 matinhos desses de enfeitar aquário – custou R$1,99.
  • Cola quente
  • Tesoura
  • palitinho japonês (hashi) ou uma pinça grande

Fazendo as bolinhas de neve:

diynatalboneco2

  1. Eu pego uma quantidade mínima da espuma, sério, são alguns fios mesmo – Você vai pegando o jeito da quantidade conforme for fazendo mais.
  2. Então com muita paciência fui enrolando com os dedos (polegar, indicador e médio) – no começo parece que você tá fazendo carinho nos fios e não tá acontecendo absolutamente nada – dá para tentar fazer como enrolamos brigadeiro, mas pra mim não funcionou, ficava achatado. Enfim, logo começa a tomar forma e ficar mais firme, então pode enrolar só com o polegar e o indicador para ter mais firmeza.
  3. Não se preocupe em fazer todas do mesmo tamanho, nada é igual nessa vida, nem mesmo as bolinhas de neve de mentira. Fica até mais legal tamanhos diferentes.
  4. Recorte um pedaço do fio de nylon do tamanho certo para colar na tampa do vidro (deixe um dedo de espaço) e o suficiente para encostar no fundo do vaso – mas é porque você vai dar um nó na ponta, na verdade dois, o segundo bem em cima do primeiro, pra garantir – e aí cortar a ponta.
  5. Não precisa nem de agulha para passar o fio no meio das bolinhas, mas se você tiver dificuldade, use uma agulha super fina, dessas de bordado. Então coloque 3 a 4 bolinhas em cada fio – não se preocupe na ordem e no espaçamento, depois que colar na tampa você arruma.
  6. Eu colei cada fio com adesivo na tampa, ninguém vê então não tem problema – aqueles adesivo de bolinha que usamos pra fechar envelope. – procurei não colocar no centro da tampa, porque não queria um fio bem em cima do boneco.
  7. E a tampa com a neve pendurada deve estar pronta!

A montagem:

Me empolguei e acabei não fazendo foto montando, sabe como é, a cola quente ligada, aqueles fios por tudo repuxando e grudando. Mas a ordem da montagem tá descrita e é claro que varia de vidro para vidro e das decorações que vão dentro.

  1. Primeiro peguei uma quantidade de espuma suficiente para cobrir o fundo, lembrando que o boneco e os enfeites fazem uma pressão, então ficou uns dois dedos de largura de espuma dentro do vidro.
  2. Primeiro testei passar a cola na espuma e colocar no vidro, claro que deu errado e sujou de cola por dentro (quando seca sai fácil) – então pinguei a cola quente direto no fundo do vidro e então coloquei a espuma; com ajuda do hashi fui pressionando sem encostar na cola para ajeitar e distribuir bem em todo o fundo.
  3. Primeiro coloquei o boneco, que é o destaque do vidro – primeiro teste a posição dele – e então passei a cola quente na base e com cuidado cole no fundo, faça pressão para firmar ele bem – se ficar bambo e caindo pra algum lado, calma, depois você vai posicionar os elementos de decoração e tudo vai se ajeitando – é sério, o meu bateu a cabeça no vidro pra frente.
  4. Em seguida fui colocando as graminhas (elas vieram com uma base preta que prende no aquário, eu arranquei e ficou só a pontinha), passei a cola nessa ponta e com o hashi e afastando com o dedo o boneco, coloquei o tufinho. Fiz isso com o restante, e sim, melequei o vidro e o boneco de neve com cola quente – é difícil essa parte gente!
  5. Como ficou pelado atrás, decidi criar a pilha de presentes, que inicialmente a ideia era colocar uns 3 do ladinho. Uma gotinha de cola quente na base de cada presente e com o hashi fui colocando cada um no seu lugar. – sim, é bem mais fácil lidar com o hashi para colocar, já que não tem espaço pra colocar a mão inteira lá dentro e ter mobilidade.
  6. E então é só pegar a tampa que já está pronta com as bolinhas coladas e fechar! E tá lindo!

Por sorte o meu vidro tinha uma tampa vermelha lisa, mas se a sua for feia e cheia de informação, dá para criar uma tampa com um retalho de tecido, com massinha de biscuit ou até pintar. Vai da sua arte e da sua vontade.

Mas o resultado é esse:

diynatalboneco3

E eu fiquei orgulhosa e apaixonada pelo meu vidrinho <3

Se você fizer esse tutorial de DIY e postar foto, lembre de usar #indicefeminino para eu ver o seu resultado!

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.