Dúvidas sobre tatuagem – Antes, durante e depois

Fazer tatuagem é bem diferente de colocar um piercing, pintar o cabelo ou fazer um corte diferente. E a diferença está na eternidade da coisa. O piercing dá para remover, e mesmo se for um alargador é possível dar pontos e diminuir o furo. O cabelo cresce, existe hidratação, outras cores de tinta e um bom cabeleireiro consegue até voltar a cor para o natural. Mas a tatuagem não, mesmo que possa ser removida a laser ou se anos depois viu que o trabalho foi ruim e dê para cobrir com um outro desenho, é mais complexo.

Sei que muita gente faz sem pensar, pelo momento, pela loucura, por amor louco e depois de algum tempo já sabe que não tem mais nada a ver aquele desenho, o amor acabou, o tatuador era ruim e por aí vai.

Mas vim tirar algumas dúvidas para quem tá pensando em fazer, fez e não sabe como cuidar. Não vou falar sobre remoção ou cobertura porque nunca fiz e não poderia falar muito bem a respeito, quero ajudar quem está em dúvida, está pensando ou que fez e não recebeu as orientações certas.

Antes:

  • Teve a ideia, um amigo desenhou, achou uma inspiração na internet? Legal! Meu primeiro conselho é: fique com essa ideia de tatuagem na vista, olhe várias vezes ao dia pra ela, olhe seu corpo no espelho e veja onde vai ficar legal, onde você acha que poderia ser. Depois de olhar bastante podem acontecer duas coisas: você saber que não é bem isso, que você pode até gostar do desenho, mas não definitivo no seu corpo ou ainda ter certeza que é isso.
  • Escolher um tatuador de confiança é essencial! Você precisa se identificar com o traço, o estilo e ainda saber que o material é bem cuidado, o ambiente higienizado e todos esses detalhes essenciais.
  • Conversar com o tatuador, falar sobre o desenho, o local que vai tatuar, e agendar seu horário.
  • Pense que você vai machucar sua pele, abrir ferida, então é preciso de alguns cuidados parecidos a um pré cirúrgico como evitar comidas com muita gordura e bebidas alcoólicas. Nada de querer se anesteziar bebendo, porque isso só vai dificultar a cicatrização depois.

giphy (11)

Durante:

  • O processo é o seguinte: Você chega, preenche a ficha (se não tiver cadastro), deixa pago, e então logo o tatuador vai chamar. Aí você vai liberar o local a ser tatuado, ele/ela vai depilar se for necessário, vai higienizar com alcool e então vai colocar o decalque. Nessa hora você vai olhar bem, avaliar o posicionamento, olhe no espelho e tenha certeza que é ali, e daquele tamanho, ângulo, tudo. E confirme se tiver certeza. Caso contrário, rola ainda mudar um pouco.
  • Não leve um monte de gente pro estúdio, não é bar nem balada.
  • Definido e decalque marcado, vai começar o zumbido e os rabiscos. Então é hora de se distrair, conversar com alguém que foi te acompanhar, mexer no celular.
  • Não faça movimentos bruscos, avise de qualquer problema, se for espirrar e se for desmaiar.
  • Não atrapalhe o tatuador, alguns gostam de trabalhar mais em silêncio e não conversam tanto, outros não ligam e batem o maior papo.
  • Dependendo do tamanho de sua tatuagem pode ser necessário duas ou mais sessões. Então você vai ser tatuada pelo menos o contorno, vai esperar um tempo de cicatrização total para aí então marcar uma nova data. Mas são geralmente os casos de tatuagens bem grandes.
  • Quando terminar a sessão, o tatuador vai limpar e então embrulhar em plástico, desses de cozinha mesmo.

giphy (10)

Depois:

  • Se não tiver em casa, vá direto a uma farmácia e compre um sabonete desses que tira 99,9% dos germes, uma pomada cicatrizante – alguns tatuadores estão vendendo uma específica – mas o Bepantol é perfeito até para isso – juro, tá escrito na embalagem que é para tatuagem. E tenha em casa também plástico filme, desses de cobrir comida mesmo.
  • A partir do momento que sair do estúdio tenha atenção para: não fazer força ou carregar peso por um dia, não abusar de bebidas alcoólicas ou alimentos com gordura, bater a região e principalmente, cuidado com o sol.
  • Nas primeiras horas o local pode ficar quente e febril, é só o corpo cuidando da área machucada.
  • Ao acordar no dia seguinte, remova o plástico, lave com água e o sabonete, seque suavemente sem esfregar a toalha e aplique a pomada. As recomendações variam, mas a limpeza e a pomada devem seguir por 3 dias consecutivos pelo menos, colocando o plástico para dormir e sair. Mas deixando em casa sem nada por algum tempo para a pele respirar e secar.
  • Nas primeiras manhãs pode ser que o plástico esteja todo melado com um pouco de pus, sangue e tinta. É super normal, não se assuste.
  • Não tome sol até que esteja tudo cicatrizado
  • A partir do segundo ou terceiro dia vai coçar, sim, vai coçar muito. E não, não pode coçar.
  • E logo vai começar a descascar também. E não, não pode puxar a pele.
  • O que fazer então? Manter hidratado o tempo todo. Nos primeiros dias aplicando a pomada depois com um bom creme hidratante – é indicado hidratar sempre a pele, mesmo depois de cicatrizada.
  • Pode ser que fique alguma falha no traço, mas você pode marcar com o tatuador depois que cicatrizar retocar e arrumar sem custos adicionais – tem que ver com ele o período, geralmente é até 90 dias.
  • Então por três dias o ritual é: acordar, retirar o plástico, lavar, secar, passar pomada, colocar o plástico. A noite retirar o plástico, lavar, passar pomada, deixar respirar um pouco e colocar o plástico novamente.
  • E a vida toda será preciso cuidar com o sol, passar sempre protetor solar – caso contrário vai pegando uma coloração feia, desbotando e desgastando.

Mas uma dica que dou é de conversar com o tatuador, perguntar, tirar todas as dúvidas. Por isso é importante escolher um que te deixe a vontade, que você se identifique com o estilo e com o trabalho.

Comments

comments

Avatar

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.