santo-antonio-casamenteiro-7F943

Falando com as solteiras

No dia do famoso Santo casamenteiro, me peguei pensando nas tantas solteiras que correm desesperadamente e se agarram num fiozinho de esperança de que “este ano vai!”. E venho dizer uma verdade para vocês, Santo faz milagre, mas você tem que ajudar também tá?

E então pensei nos tipos de solteiras e cheguei nos seguintes modelos:

1 – Esperançosa – É aquela que esbarra em alguém na rua, no elevador, conhece um cara novo e já pensa em quantos filhos irão ter. Vê no simples “oi” que ele está dando em cima descaradamente. Mas no final das contas no segundo seguinte se decepciona porque geralmente passou despercebida.

2 – Desesperada – Atira para todos os lados, quer amigo de irmão, de primo, amigo de amiga, e quer tanto que acaba não aceitando nada sério, porque o próximo pretendente pode ser melhor.

3 – Enjoada – Depois de apresentada para o amigo de um amigo que estava arranjado para a noite, já coloca mil defeitos: cabelo muito liso, voz irritante, roupas, gírias, muito alto, muito baixo, etc, etc, etc. E acaba nem conhecendo um cara legal porque já atribuiu características que invocou que existem.

4 – Encalhada – É aquela que não quer nada. Reclama de estar sozinha e não ter companhia, mas não topa nem sair pra tomar um café com as amigas e possivelmente não repara quando alguém está de olho no supermercado. Só vai conhecer alguém virtualmente e dizer que está satisfeita com a relação.

5 – Atirada – A famosa galinha, ou como quiser chamar. Reclama no dia dos namorados e nos domingos que está sozinha, que não vai ganhar presente, que vai ficar pra titia, mas na 6ª a noite e no sábado fez até aposta de placar de quantos meninos beijava na noite. Então só na sorte vai ficar com um cara legal que vai te segurar uma noite inteira e que irá ligar para sair depois.

Mas o conselho que dou é: Parem de procurar! Não fique esperando que o próximo amigo do amigo ou quem topar com você na panificadora vai ser sua alma gêmea. Foque em outras coisas da sua vida, procure outras atividades, freqüente lugares que sejam do seu estilo, saia para jantar, vá dançar, estude, trabalhe. A probabilidade de você encontrar um cara legal (e isso é claro, vale para os homens também) em locais que você goste e que engrene uma relação, é muito maior!

Então não adianta ficar esperando sentada e nem ficar sonhando, se o caminho que está seguindo não está dando certo, tente outros meios, outras vias, siga outra estrada.

Não é Santo Antonio ou até mesmo Santo Expedito que irá te ajudar. O cara vai aparecer se você acreditar nisso, mas dependa toda sua vida nisso!

 

 

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.

  • Cris Scheffer

    ai q horror mari! sou solteira e não me identifiquei com nenhum desses perfis ai! =( auhauahuahau