Faxina na casa, na vida, no final do ano!

Já fiz muitos posts por aqui sobre desapegos, sobre fazer arrumação, passar pra frente coisas que não se usa mais, dar novo uso para roupas e objetos. E é um tema que gosto muito de falar, tenho um enorme prazer pela leveza pós faxina, como tudo fica mais claro, mais nítido, mais espaçoso.

Hoje quero separar cada faxina que é essencial fazer nesses últimos dias do ano. Seus benefícios, dicas e porque você deve começar a sua já!

Faxina na casa

Não é só tirar o pó e passar um paninho. É arrastar uma coisa aqui e outra ali, tirar as coisas do armário para arejar, passar um pano, é subir em escada e limpar prateleira, moldura de quadros. Lavar roupa de cama pesada, travesseiros, almofadas, mantas. Tirar a poeira, as energias que ficaram pesando aí dentro de casa.

Limpe os vidros para deixar a luz entrar. Limpe os armários das cozinhas e dos banheiros. Tenha cuidado com as coisas que você gosta, cuide, limpe para durar mais tempo. Sempre aprendi com meus avós que se cuidarmos do que é nosso, vai durar muito mais. Uma roupa bem cuidada pode durar anos em bom estado. O sofá que escolhemos com tanto carinho precisa de cuidado assim como aquela camiseta favorita. A geladeira que custou tão caro precisa de uma limpeza por dentro para armazenar nossa comida com qualidade. Nosso colchão precisa de uma limpeza, precisa ser arejado para nos confortar por muito tempo. Os itens de madeira precisam de cuidados, de limpeza, de proteção e de vista grossa para qualquer chegada de indesejados cupins.

Nossa casa é nosso bem material maior, e tudo que está dentro dela. Então se queremos nos sentir bem, ter tudo isso com qualidade por bastante tempo, basta amar e cuidar. Fazer pequenos reparos, pintar, trocar algumas coisas que não funcionam, enfeitar.

Aproveite os dias de folga, os dias em casa. Separe um cômodo para cada dia, vá limpando, organizando gavetas e estantes e durante a faxina já vai separando o que não tem mais utilidade, o que não usa, o que não faz sentido ter acumulando. Esse desapego vai tirar um peso da sua casa, vai abrir espaço para o novo. Desapegue um pouco, desapegue muito. Para cada item que pegar questione porque ainda tem, se usa, se é útil, se te dá alegria ter, se você lembrava dele ali guardado.

Faxina na vida

Pare um tempo para olhar o ano que passou. Que momentos você guarda com carinho? Que momentos foram difíceis? O que você aprendeu com cada um? O que desse ano todo você pretende levar para 2018? Que pessoas você faz questão de ter perto? O que você amadureceu neste ano e o que quer melhorar ainda mais?

E melhor que pensar nisso tudo é eliminar o que não é bom para nós. Não nos eleva, não nos motiva, não influencia positivamente. Acredito que temos que sempre buscar melhorias, ser um ser humano melhor a cada dia. Abandonar pensamentos e opiniões arcaicos, negativos, desnecessários. Saber ver o que nos faz mal e abandonar esses hábitos pelo próprio bem, seja um vício, um alimento, um relacionamento, um hábito, uma rede social, um influenciador, um trabalho, uma “obrigação”. Somos bombardeados o dia todo de coisas que nos puxam pra baixo, e é super importante saber identificar e aprender a lidar melhor, eliminar ou evitar. Ter consciência é o melhor caminho, assim conseguimos pensar na melhor forma de fazer essa faxina!

Então use esses últimos dias do ano para fazer uma faxina interna também. Pense em vícios que é melhor abandonar pelo seu bem. Um hábito que só te faz mal, como reclamar o tempo todo, comer comida industrializada, beber refrigerante, fazer tudo de carro, usar só o elevador, julgar e criticar os outros, fazer fofoca, auto depreciação e tantas outras coisas ruins e tão comuns.

Liste o que você quer melhorar, elimine o que não quer mais. Faça uma faxina interna e renove!

Lembre sempre que não será um novo ano se você for a mesma pessoa!

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.