Guia definitivo do Mingau

Quem me conhece sabe que sou apaixonada por mingau de aveia. Faço no verão sem problemas, mas quando o friozinho chega é minha melhor opção de lanche e comida que abraça (já falei sobre isso aqui). Dificilmente vario minha receita, que é: aveia grãos médios, leite desnatado, mel, canela, banana, pasta de amendoim e chia. Já comprei a aveia em grãos finos e não engrossou tão bem. Já coloquei coco fresco, morango ou kiwi, mas essa receita é sempre a que fica.

Sei que muita gente prefere preparar a aveia com outro leite e até com outras farinhas. Na minha infância lembro mais de comer mingau com amido de milho. E tem gente que gosta mais com frutas secas ou até um damasco para adoçar. Tem aqueles que gostam mais chocolatudo, com pedaços ou só com chocolate em pó para dar cor e sabor. Então, para ajudar quem não tem um mingau favorito ainda ou quer provar novas misturas, preparei um super guia!

O Mingau não tem muito segredo para preparar, basta colocar os ingredientes que você quer quente na panela, deixar em fogo baixo e ir mexendo de vez em quando para não grudar na panela e empelotar tudo. Na hora de servir é só colocar o que não era para cozinhar por cima e se deliciar. O fogo baixo é importante para ele engrossar direito, se não o leite ferve, vaza tudo e a aveia não consegue engrossar bem. Algumas frutas é melhor deixar para a hora de servir, mas outras dá para cozinhar junto e já ir temperando o mingau com seu sabor.

Eu acredito que mingau tem esse poder de aconchego, aquece o corpo e a alma. É um prato perfeito para qualquer horário, seja no café da manhã, lanche da tarde ou quando bate aquela fome algum tempo antes de dormir. Quem mais aí ama um mingau quentinho?

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.