A música não foi feita para você.

Todo dia tem alguém reclamando de música. Alguém reclamando do sertanejo. Alguém reclamando do funk. Da nova MPB. De um cover. De um artista. TODO DIA! Mas aqui vai uma notícia: ela NÃO foi feita para você! E mais, a música não tá em queda não, grandes artistas continuam gravando música nova, fazendo show, produzindo. É claro, se um artista morreu, jamais terá música igual nesse mundo novamente, porque alguns são únicos mesmo. Faz parte da vida não é mesmo?

Então a verdade é que você criticar uma música, criticar quem a ouve não vai fazer ela ser tocada menos, não vai fazer ela não tocar no rádio ou no som do seu vizinho. E principalmente, não te faz uma pessoa melhor, culta e superior de quem quer ouvir o que você tanto odeia. Não gosta? Tudo bem. Eu não gosto de sertanejo, mas não é por isso que vou ficar acompanhando a vida dos artistas, criticando, espalhando fofoca, piada de mal gosto. Pra falar bem a verdade, minha vida seria bem mais fácil se eu gostasse.

Não gosta? Então preste atenção: você não é obrigado a comprar, ouvir e consumir! Simples né? Não precisa gente. Você não precisa frequentar os locais que reproduzem, não precisa assistir os programas de TV que desde sua existência recebem artistas populares que estão no topo das paradas, que tocam o que a grande maioria da população ouve! O controle da TV tá na sua mão, o som de carro dá pra colocar CD, pen drive, bluetooth e você coloca a música que bem entender. E mais, você não precisa clicar na notícia da fofoca ou do assunto sobre fulano ou fulana pelo simples prazer de rir de algo bobo, de uma gafe, de um vexame. E também não precisa sustentar piadas e memes só porque o seu gosto é diferente, porque você se diverte com coisas que você não gosta!

Mas ficar espalhando o ódio, zuando, e ainda entrar naquela onda infantil do meu som é melhor que o seu, é tão ridículo que dá vontade de rir (de nervoso). Sabe na adolescência que a gente vira os olhos pra música que um tio está ouvindo? Fazendo micagem, imitação e ridicularizando. Bom, esse é você, hoje, criticando a música que outras pessoas estão ouvindo.

Então, se você gosta de rock, vai ouvir rock. Música clássica? Ópera? Ótimo, tem muita gente nova fazendo músicas incríveis, não precisa ser Bach ou Mozart. Samba? Pagode? Legal também, tem banda nova, tem banda antiga, músicas novas, regravações tão boas quanto as originais. Funk? Sertanejo? Beleza. É seu som. E tá na moda, então é mais fácil de ouvir por todo canto e se divertir. Cada um com sua tribo, cada um ouvindo seu som. Não é torcida organizada, brigando por quem é melhor, quem ganhou mais campeonatos, quem chegou antes, quem é mais popular. Música é música!

Música tem o poder de aproximar pessoas, de energizar, de acalmar, de rir, sorrir, se divertir, dançar. Aproveite isso!

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.

Leave a Reply