O que tem na minha bolsa?

Confesso que não sou muito fã de carregar bolsa, até acostumei com o tempo, mas não gosto quando fica pesada. Me incomoda, atrapalha para abaixar ou fazer algo, machuca o ombro e sempre ocupa uma mão, a não ser que seja mochila. Então eu tenho apenas uma bolsa grande, que geralmente uso para viajar, assim coloco alguns itens nessa bolsa, mas para o dia a dia, gosto de bolsas medianas, mas não tão pequenas que não caiba minha carteira, que é meio grandinha. Só tenho bolsinhas pequenas para festas e eventos.

Enfim, carrego pouco na bolsa, mas tenho por cima, geralmente em minha escrivaninha, minha necessaire com itens de maquiagem. Como geralmente estou em casa, e se vou sair me preparo antes, dificilmente coloco a necessaire para fazer volume e dar peso, coloco no máximo o batom do momento na bolsa para retocar (raramento lembro de retocar). Mas tenho ela pronta caso saia na pressa ou se vou ficar na rua e talvez precise fazer uma maquiagem de emergência para sair depois.

Então aqui ficam duas partes, a bolsa e a necessaire.

A Bolsa:

nabolsa

Aqui carrego minha carteira que eu amo de paixão. É da Betsy Johnson que ganhei tem alguns anos, o zíper já estragou, arrumei e continuo usando e recebendo elogios quando tiro da bolsa; uma necessaire de tecido para absorvente íntimo de emergência; Canetas, pelo menos duas; meu caderninho de anotações (não é sempre que está na bolsa, fica mais na mesa e levo quando acho que vou precisar); Álcool em gel; balm da EOS; meu óculos de sol da Quay; a chave de casa (o chaveiro é da Accessorize). E é claro, o celular (com capinha da 1 menina e 365 cabelos).

A necessaire:

nabolsa2

Studio fix da MAC na cor NW25; máscara Colossal da Maybelline; lápis universal para sobrancelhas da Vult; lápis marrom da linha Color Trends da Avon; lápis Azulton da QDB?; lápis Roxil da QDB?; lápis preto O Boticário; corretivo líquido (não lembro a marca, acho que é TRACTA); lápis Emerald City para olhos da NYX; delineador preto da Bourjois; Batom líquido da Dailus PRO nas cores Bailarina e Balancê; Batom Creme de Damasco da Maybelline.

Esses são meus produtos de emergência, consigo fazer maquiagem rapidamente e super bem no banheiro ou no carro mesmo. O lápis marrom da Avon é super coringa, passo ele na pálpebra móvel e esfumo e subo ele com os dedos acima do côncavo. Só a máscara ou mais o delineador completam ele super bem.

Nunca fui de carregar medicamento, guarda chuva, sacola, chinelo, papagaio e o que mais eu achasse que poderia precisar. Levo guarda chuva quando está chovendo já, sacola ecológica quando vou ao mercado e o livro que estou lendo quando vou pegar ônibus ou ficar em sala de espera por tempo indeterminado.

E geralmente escolho bolsas tira colo, nunca de segurar nas mãos. Assim, quando estou na rua, por segurança posso transpassar e usar bem perto ao corpo, ou tranquilamente somente em um ombro. As bolsas de mão ou até as de alça curta para colocar no ombro nunca ficam, atrapalham certos movimentos e dependendo do modelo da alça machuca o ombro ou fica escorregando na roupa e caindo. E não consigo andar com a bolsa pendurada no cotovelo, já tentei várias vezes, juro. Nessa minha bolsa, quando vou sair para jantar ou algo assim, as vezes tiro a alça longa e carrego na mão ou no cotovelo, mas porque é uma ocasião especial, nunca quando vou andar bastante, tipo ir ao shopping.

Como vocês sabem, sou sempre adepta da praticidade e conforto, o que é difícil até de comprar bolsa, porque aparentemente bolsa é para lembrar o que você carrega, então nunca é anatômica, básica e silenciosa – Geralmente tem ganchos e fechos que parecem uma banda de sinos enquanto você anda. E bom, essa preenche os requisitos de tamanho, simples e bonita e foi um achado na Renner.

E você, o que não pode faltar na sua bolsa?

Comments

comments

Avatar

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.