Resenha de livro – O Beijo de Chocolate

Sim sim, mais um livro da Laura Florand e também mais um romance com chocolate no nome. O primeiro que li foi o “Melhor que Chocolate” (contei nesse post aqui) e peguei esse logo em seguida querendo mais chocolate e mais romance.

E a verdade é que me arrastei para ler por semanas, mais de um mês. Apesar de ter a mesma linha, falar de chocolate, chocolatier famoso em Paris e tudo mais, rolou um baque na diferença da história. Enquanto no primeiro era uma empresaria da indústria de chocolates americana chegando em Paris e dando de cara com um famoso chocolatier. Nessa história é uma jovem – Magalie – que trabalha com as tias “bruxas” em uma pequena confeitaria em Paris, em uma área mais tranquila da cidade e vivem encantando os consumidores com suas vitrines de esculturas de chocolate e seus quitutes. Até que um famoso chocolatier – Philippe – decide abrir uma loja na região sem pedir licença e a jovem teme que isso acabe com sua lojinha simples e encantadora.

livrobeijodechocolate2

E então vocês já podem imaginar como é a história daí para frente. Mas olha, no começo elas falam tanto de magia, de encantar os chás e chocolates quente que preparam para seus clientes que acabei ficando confusa. Não sabia se era só um jeito de falar, se de fato elas tinha uma magia envolvida, e então a personagem do livro anterior faz algumas aparições e a história da jovem protagonista não é contada direito no início. Fiquei meio perdida sabe? Achei que seria fácil por ser da mesma autora, mas me deparei com uma Paris de chocolate bem diferente da primeira história, mas ao mesmo tempo igual.

livrobeijodechocolate3

Mas enfim engrenei e depois de ficar travada no primeiro 1/3 do livro, rapidamente li o resto e vim aqui para contar para vocês.

Novamente, é um romance, e um romance com cenas quentes. E muitas cenas que descrevem doces que a vontade era levar o livro para a confeitaria mais próxima e ler comendo macaron, chocolate e bebendo um chocolate quente bem cremoso. É bem gostoso e simples de ler, não tem nada de super emocionante ou grandes conflitos. Perfeito para relaxar a se distrair.

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.