Semana da Mulher – Homens podem ser aliados

Minha opinião é que sim, eles podem e devem! Eles têm o poder de estar na roda de amigos, no grupo de whatsapp, de ter a palavra que o amigo vai ouvir e pode até ficar bravo, mas vai cutucar. E não é só falar com cada homem babaca que aparecer no caminho e ir bloqueando atitudes absurdas não, homem tem que antes de tudo deixar a mulher falar! Dar voz, dar espaço, dar a frente.

O homem pode ajudar quando se depara com uma situação de assédio no transporte público, na rua, no trabalho, na balada. Ajudar a mulher, se importar! Nada de julgar, olhar primeiro para ela, buscando um culpado, o que ela fez para provocar tal ação absurda. O homem pode rever seus pensamentos, atitudes, brincadeiras, atitudes, repensar e desconstruir é muito importante e parte essencial da mudança, do crescimento.

É muito comum ver homem crescendo favorecido no ambiente familiar, não precisar recorrer as tarefas da casa, não ser responsabilizado por atitudes erradas e abusivas, aprender a mexer com mulher na rua cedo, “namorar” várias meninas na escola, roubar beijo da coleguinha, não ter que sentar direito, ter a despedida de solteiro e não o chá de panela. Todo o processo de crescimento do homem ajuda a chegar na vida adulta esperando que alguém faça tudo, sem saber como cozinhar, cuidar da roupa ou fazer uma limpeza na casa. E para se enturmar, ri de piadas na rodinha dos amigos, ri das histórias absurdas, repete atitudes e palavras mesmo não concordando com elas. Então é preciso rever toda a história e crescimento, começar a entender, a questionar e mudar!

Homem pode participar da luta pela igualdade e respeito, começando por dentro! E lembrar sempre: NÃO SEJA UM BABACA.

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.