Tartarugas Tigre D’água – Quantos anos, como cuidamos?

Todo mundo que vem em casa se impressiona com nosso aquário com o casal de tartarugas e começam a perguntar. Então vem saber um pouco sobre a espécie, como é, como cuidamos e a história das que temos aqui em casa.

Para falar bem a verdade as tartarugas são do meu irmão, ele quem pediu alguns anos atrás porque um amigo da escola tinha comprado. Pra ser mais exato, ou quase isso, uns 21 anos atrás. Foi antes da minha irmã nascer e elas chegaram em casa quase do tamanho de uma bolacha recheada.

tartarugas2

Algumas curiosidades:

1 – Dizem que elas crescem conforme você vai aumentando o aquário – As nossas ficaram pequenas até, esticadas não passam de 15cm.

2 – No frio elas hibernam – sério, por anos tentamos aquecedor de água, colocava comida normalmente todo dia e a noite tava lá ainda, boiando e elas dormindo, achamos até que estavam doentes – até que pesquisamos e dizem que em alguns lugares elas chegam a congelar com a água e voltam no fim do inverno.

3 – Elas comem uma ração que é mini camarão seco, aqui em casa testamos a ração verde, mas elas não comiam, só o camarão mesmo. E elas não curtem muito frutas e verduras.

4 – Nada de decoração dentro do aquário além das pedrinhas, tentamos aquelas plantas de plástico de aquário de peixe e elas mordiam – tiramos porque ia acabar fazendo mal.

5 – Elas são super rápidas quando colocadas no chão. Ficam assustadas no começo, mas se você piscar perde elas – Já perdemos uma dentro de casa uma vez e é história relembrada pela família sempre.

6 – Elas precisam de um lugar seco para ficar, como a rampa ali igual a foto. Elas saem direto e quando tem sol ficam por ali morgando.

7 – O macho é menor, tem a “barriga” curva para encaixar na fêmea e tem as unhas bem mais longas – a “dança do acasalamento” é muito esquisita.

8 – Ela não bota ovo porque aqui não tem espaço com areia para enterrar, mas juro que uma vez ao limpar tirei uma bolinha esquisita que acho que devia ser um ovo ruim.

9 – A água é fervida e esfriada antes de ir para o áquario limpo – então é um trabalho longo lavar o aquário: ferver bastante água, deixar esfriar então tirar a água suja, tirar as tartarugas, lavar as pedras separadamente, lavar o aquário no tanque e aí voltar as pedras, as tartarugas e a água. – Mas no inverno não suja muito a água porque elas não se movimentam muito nem comem direito, no verão é mais frequente, pelo menos uma vez por mês sem filtro.

10 – A mordida delas doem MUITO e quando pegar, as unhas passando em você é SUPER esquisito.

11 – Quando colocamos comida e elas tão desesperadas, as vezes mordem uma a outra achando que vão morder a comida e demoram a soltar – dá MUITA agonia de ver, mas não sai sangue e não parece que elas tão sofrendo não.

12 – Já trocamos o aquário umas 5 vezes nesses 21 anos. No começo porque estava pequeno e algumas outras porque na hora de lavar derrubamos no chão (sim, uma vez pouco antes de sair pra viajar, tivemos que correr pra comprar um novo) e outra porque a torneirinha quebrou e aí ia vazar tudo a água.

13 – O nome delas foi meu pai quem deu e é: mala e malinha. Não sabemos quem é quem, só esse é o nome da dupla.

14 – Nunca colocamos peixe junto, ia dar trabalho limpar a água depois do assassinato.

15 – Elas saltam do andar de cima e fazem bastante barulho no aquário, quem vem em casa e não está acostumado assusta e não sabe de onde vem os barulhos.

E acho que é isso. Fora a Zoey que já teve vários posts especiais, elas são os outros seres vivos da casa. Mas quando eu era criança tivemos canarinho, peixe e hamster.

Comments

comments

Avatar

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.