3022298274_1_2_dIR8yj7w_large

Terminando o namoro com sinceridade

Quer terminar o namoro e não sabe bem o que dizer? Seja sincera(o). É uma regra, mas temos que ter cautela e pensar melhor no que irá realmente dizer.

Fácil? Não, não é. Mas necessário, porque quando estamos levando um pé na bunda, queremos saber a verdade por trás de tudo isso, principalmente quando acreditamos estar tudo bem. E nós sabemos que ela irá doer, mas será melhor que ir descobrindo aos poucos depois, bem melhor.

Mas não vai chegar e dizer que o amor acabou, porque amor não está valendo numa noite e ao amanhecer ele não existe mais. Ninguém vai acreditar. Não vai chegar se gabando que já saiu ficando com um monte de gente e não quer mais a vida de casal, que quer curtir.

Sinceridade não é grosseria. Então tem que saber medir as palavras.

Olhe nos olhos da pessoa para ela acreditar nas suas palavras, seja elas qual forem.

Não seja falsa(a) nos dias que antecedem a decisão do fim. Se você não está confortável com a relação, mas ainda não decidiu que rumo tomar, não fique cheia(o) de agrados, carinhos e declarações. O clima deve esfriar naturalmente. Nessas situações você terá dois caminhos: o fim e o diálogo.

Quando a pessoa já está em uma relação difícil e quando ela não acredita na relação que está vivendo o único caminho é o fim. Infelizmente.

Quando a pessoa sente muita coisa ainda pelo outro, ainda que confuso, ou quando a relação esfriou por diversos fatores a melhor opção é sempre o diálogo, trabalhar juntos para que tudo fique bem.

Se você decidiu seguir a sua vida sem essa pessoa ao lado, leve em consideração o tempo de namoro, independente se foram semanas ou anos. Pense que se vocês estavam juntos, se assumiram o compromisso é porque se respeitavam, havia um sentimento e ele deve ser levado até o fim.

Então sinceridade e respeito.

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.