Você já apoiou um amigo empreendedor hoje?

Todos os dias descobrimos amigos que começaram um negócio, seja abrindo um café ou restaurante, abrindo uma loja física ou virtual, escrevendo em um blog ou falando em um canal no YouTube. São pessoas próximas que decidiram empreender de alguma forma. E quase todo mundo sabe que isso não é tarefa fácil. Tempo, dedicação, investimento, noites sem sono, trabalho de segunda a segunda, estudo, decepção… é um turbilhão!

Mas o mais difícil mesmo é conseguir reconhecimento e apoio das pessoas a nossa volta. E esse apoio pode acontecer de diversas formas, bem simples. Vem cá saber como:

1- Fale sobre ele para os outros

Na roda dos colegas de trabalho, no stories do seu Instagram, em uma foto legal, aquele compartilhamento! Não precisa de puxa saco e falação sem fim. Seja sincero ao falar sobre o seu amigo empreendedor, indique com segurança e confiança se realmente existe esse sentimento. O que seu amigo faz pode até não ser para você, mas pode ser para alguém.

Dessa forma, o círculo de pessoas que vão começar a olhar para o trabalho do seu amigo vai aumentar gradualmente.

2 – Pague o preço da etiqueta

Eu acredito que as pessoas próximas, que realmente vêem o processo de trabalho, os cuidados e o olhar que a pessoa tem para produzir aquilo, precisam pagar o preço correto, se não mais. Nada de pedir preço amigo, preço de família, descontinho. A pessoa vai acabar dando, é claro, mas o trabalho dela e isso inclui a auto estima, vão cair lá para baixo! Se você realmente gosta, compre pelo que é, com orgulho mesmo sabe?

E se o trabalho é digital, pague pelo que é também. Nada de querer contratar o amigo blogueiro por mixaria e ainda exigir um super trabalho. E nem preciso falar das parcerias de uma via só né, teu amigo faz um trabalho e quem ganha na verdade é só você. Blogueiro trabalha pra caramba para entregar conteúdo de qualidade, avalia horários, público, imagens, produção completa requer tempo!

3 – Likes e clics valem muito!

É tanto conteúdo e informação na internet que os menores são engolidos por quem tem dinheiro para investir em post pago e não são vistos. Então se você viu uma imagem ou um post de um amigo, mesmo que não seja de sua área de interesse, dê aquele like amigo. Dessa forma você abre um círculo de pessoas que poderão ver aquele post. Porque quando você curte um post ou imagem, as redes sociais imaginam que aquilo seja interessante para outras pessoas e mostra em outras timelines. E então elas vêem também e poderão curtir para novas pessoas enxergarem aquela postagem. E vira um grande ciclo!

E o mesmo acontece quando você compartilha um post! Se teu amigo tem um produto legal, compartilhe mostrando para as pessoas do seu círculo. Se foi até o café ou restaurante, mostre para outros amigos. Se gostou de um texto que seu amigo escreveu compartilhe com seus amigos. Se gostou de um produto, compre, ainda mais quando precisar presentear alguém!

E o clics são ainda mais amor <3 Acessar o site, o vídeo, o link indicado, todo clique é válido. E se o seu amigo ganha dinheiro com post pago, com banner de propaganda no blog, por favorzinho, clica ali na propaganda, clica no link que ele está sugerindo. Isso vai dar alguns centavos pra ele. Você não vai gastar nada, mas vai ajudar, sabe como?

4 – Dê feedback sincero

Mas nada de agredir né! Conheceu algum produto, viu algum erro, chame seu amigo no privado fazendo uma sugestão ou observação. Dê novas ideias, ajude o negócio a crescer sendo alguém de fora e com grande apreço por aquilo.

Ajude, mas sem tentar ser superior, sem querer ser melhor que ele. Ajude querendo fazer ele crescer, não diminuir por parecer burro, sonhador ou qualquer outra coisa assim. Vista a camisa sem ser o seu trabalho, mas vista pela pessoa, porque o sucesso dela é importante para você!

5 – Jamais menospreze

E o último e mais importante conselho é de jamais menosprezar. Pode passar longe da sua compreensão o que seu amigo faz, pode não fazer sentido e você ainda ver vários problemas, falhas e erros, mas jamais tente ser superior. Não é porque você gosta da sua carteira assinada e seu 13º salário garantido que você é mais esperto e inteligente. Não é porque seu amigo consegue pegar o computador e fazer o seu trabalho de um café em uma segunda feira a tarde ou sentado na varanda da casa de praia que é folgado ou preguiçoso.

Não é porque a pessoa trabalha de casa o dia todo que ela está a disposição para fazer coisas para você durante o horário comercial só porque “você tá em casa mesmo”. E não é porque a pessoa acorda as 9 da manhã que ela super privilegiada, se você não sabe que horas ela parou de trabalhar na noite ou madrugada anterior. Empreendedor não tem horário, não bate cartão e se cobra muito mais nas horas vagas porque sempre acredita que pode fazer mais, trabalhar mais, produzir mais, criar mais.

Lembre sempre que a vida é muito difícil para quem decidiu empreender. Pode parecer louco para você, você pode até não compreender porque alguém abandonou uma carreira consolidada para abrir algo, começar algo, investir em algo. Acredite, quem empreende sabe de tudo isso, tem medo, receio e precisa bater a cabeça todos os dias, mas é muito mais difícil quando não tem apoio das pessoas a sua volta.

Então ajude sempre que puder, seja curtindo a foto do instagram, o post no facebook, o vídeo, indicando para amigos e colegas, compartilhando, comprando, consumindo!

Comments

comments

Mari Medeiros

Relações Públicas, fotógrafa, maquiadora, conectada e que gosta de fazer de tudo um pouco pra não cair no tédio.